Governador do Tocantins recebe o embaixador da Bélgica nesta terça-feira no Palácio Araguaia

671

Discutir a possibilidade de acordos de cooperação e debater a probabilidade de expandir negócios das empresas belgas no Tocantins são alguns dos objetivos de uma audiência entre o governador Marcelo Miranda e o embaixador da Bélgica no Brasil, Josef Smets, nesta terça-feira, 1º de setembro, às 9 horas, no Palácio Araguaia.

O embaixador vai aproveitar a oportunidade para tratar também sobre questões ligadas ao intercâmbio de conhecimento para ações de proteção ao meio ambiente.

O embaixador Josef Smets chegou a Palmas na sexta-feira, 28. Ele já visitou a usina hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães, no município de Lajeado; a aldeia indígena Xerente, em Tocantínia; a plataforma multimodal da Ferrovia Norte-Sul, assim como pontos turísticos da Capital.

Intercâmbio Comercial

O Brasil foi um dos primeiros países a reconhecer o novo Estado belga e com ele firmar um tratado de comércio, em 1834. Nos últimos 15 anos, os investimentos belgas encontraram novos impulsos no Brasil, e grandes empresas brasileiras descobriram as vantagens e os serviços oferecidos pela Bélgica.

O Brasil exporta para a Bélgica produtos alimentícios (como laranja e soja), minerais (alumínio, ferro, entre outros), pasta de madeira e produtos químicos. Já a Bélgica exporta produtos químicos, máquinas diversas, produtos têxteis ou alimentícios.

Autor: Ascom/Jarbas Coutinho/Governo do Tocantins