Várzea Alegre tem trabalhos selecionadas à fase estadual da 7ª Olimpíada de Língua Portuguesa

73

Quatro professores de Várzea Alegre foram selecionados para a 7ª Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro.

A professora e subsecretária de Educação de Várzea Alegre, Liduina Sousa, disse que a olimpíada é um projeto do Governo Federal ao qual Várzea Alegre fez adesão.

Ela destacou que esse ano houve mudança de metodologia e que todos os anos ímpares a olimpíada é trabalhada em sala da aula. “O município e as escolas se inscrevem e cadastram a turmas, as oficinas são realizadas e os alunos é que concorriam, mas, este ano, devido à pandemia de Covid-19, houve mudança, e os professores é que estão concorrendo”, declarou.

Ela explicou que o trabalho é feito com os alunos, mas o que vai para a olimpíada é o “relato de experiência do professor”.

Liduina Sousa disse que a disputa conta com as fases escolar, municipal, estadual, regional e a nacional.

Várzea Alegre está na fase estadual com a seleção dos melhores trabalhos, seleção esta realizada no último dia de agosto. Os quatro relatos de Várzea Alegre que concorrem estão divididos entre escolas municipais e estaduais.

Os gêneros literários trabalhados são: Poema, Crônica, Memórias Literárias, Documentário e Artigo de Opinião. Várzea Alegre não apresentou Artigo de Opinião.

Escolas Selecionadas

Escola Dr. Dário Batista Moreno – Poema (Escola Municipal do bairro Riachinho);

Escola José Sergio da Costa – Memórias Literárias e Crônica (Escola Municipal do distrito de Riacho Verde);

Escola José Correia Lima – Documentário (Escola Estadual do bairro Centro).

Liduina disse que Várzea Alegre já foi selecionada duas vezes para a fase nacional desta olimpíada, quando ela era a coordenadora municipal – função que mantém, e representou o município por duas vezes, sendo uma em Belo Horizonte – Minas Gerais, e a outra em Brasília – Distrito Federal.

Para Liduina, a olimpíada é motivadora para alunos e professores.

Autor:  Da redação com ascom/Foto: Divulgação