Várzea Alegre encerra mais um eixo do Programa Cidade Empreendedora em parceria com SEBRAE

49

O evento de encerramento do último eixo do programa Cidade Empreendedora aconteceu nesta quinta-feira, 06 de janeiro, na Secretaria Municipal de Assistência, Segurança Alimentar e Trabalho de Várzea Alegre.

O programa é uma parceria do Governo de Várzea Alegre com o SEBRAE que visa engajar a gestão municipal e lideranças locais na melhoria do ambiente empresarial e na promoção de políticas públicas para os pequenos negócios, contribuindo para o desenvolvimento econômico do município.

Lançado em 5 de outubro de 2021, por meio da formação do Comitê Gestor e dos Núcleos Executivos de Operacionalização, o programa prosseguiu com a elaboração do Plano de Desenvolvimento Municipal de Apoio e Fomento aos Pequenos Negócios (PMD), buscando a inserção de políticas públicas econômicas que fortalecessem o ambiente de negócios em Várzea Alegre, em especial, para micros e pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEIs). “O Cidade Empreendedora é um programa de transformação econômica para Várzea Alegre, voltado para a gestão pública e se tornou um grande feito do governo Zé Hélder, colocando o município entre as cidades do Estado em que cresce no desenvolvimento econômico”, destacou o subsecretário de Assistência Social de Várzea Alegre, Pedro Roque.

O programa preparou servidores públicos do município com habilidades direcionadas para capitação de recursos e gestão, deixando-os aptos a direcionar quatro novos cursos profissionais de empreendedorismo que deve chegar no município, voltados para os setores social, cultural, administrativo e tributário, que disponibilizam 70% das vagas para empreendedores cadastrados no Centro de Referência e Busca Ativa, com idades acima de 18 anos e 30% de vagas para a população em geral.

O capacitador Dal Corso, do SEBRAE, explicou sobre a política de capacitação. “As capacitações no ambiente de cada setor visa buscar melhorias econômicas nós negócios com a implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos e grandes negócios, fazendo com que os benefícios da Lei Geral 123/2006 sejam implantados aqui em Várzea Alegre, por meio das normas já existentes”.

O prefeito Zé Helder (MDB) contou que a expectativa é de que mais pessoas possam ter seu próprio negócio em Várzea Alegre com capacitação e contribuindo para a economia de Várzea Alegre. “O Programa Cidade Empreendedora ajuda a transformar cada vez mais a realidade de Várzea Alegre, promovendo, de fato, um ambiente favorável aos negócios e, principalmente, com a implantação de mais empreendedores varzealegrenses, garantindo menos burocracia e mais recursos financeiros circulando na cidade”, completou Zé Helder.

Em Várzea Alegre, os principais resultados foram a ampliação dos pequenos negócios, a simplificação para abertura de micro e pequenas empresas, a capacitação e criação dos agentes de desenvolvimento e a formação de lideranças empreendedoras, com fortalecimento da economia da cidade.

Autor: Da redação com ascom/Foto: Fábio Oliveira