Prefeitura de Caucaia investe em tecnologia e adquire arco cirúrgico

97

A aquisição do equipamento, além de elevar a qualidade dos serviços de saúde aos pacientes, está garantindo mais agilidade nas cirurgias ortopédicas.

Com muita alegria o secretário de saúde de Caucaia, Moacir Soares anunciou a instalação do arco cirúrgico no Hospital Municipal Abelardo Gadelha da Rocha, que vai contribuir, principalmente, com a complexidade dos casos de cirurgia ortopédica, oferecendo ainda mais segurança para o paciente. “Portanto, com a aquisição desse importante equipamento, iremos fortalecer a capacidade dos nossos profissionais de saúde na traumatologia. Melhorar a resolutividade é cumprir um dos preceitos do SUS.” destacou Moacir Soares.

De acordo com secretário Moacir Soares, “Sem dúvidas trará grande benefício aos serviços cirúrgicos prestados pela instituição. É um equipamento avançado e altamente tecnológico” disse Soares que acrescentou, “Com o novo equipamento, agora, nosso município conta com procedimentos cirúrgicos que, antes, eram encaminhados para a capital, como as cirurgias de fêmur proximal, que são as fraturas transtrocantericas e subtrocantéricas, algumas fraturas de tíbia próximal e tíbia distal, assim como, também, algumas fraturas de úmero proximal” explica  o secretário.

Aprimorar

Para aprimorar e auxiliar a execução dos trabalhos desenvolvidos por toda a equipe que realiza cirurgias de pequeno, médio e grande porte, a prefeitura de Caucaia, através da secretaria de saúde adquiriu um novo arco cirúrgico.

Arco cirúrgico

O arco cirúrgico é um equipamento de raios-X que produz imagens digitais em tempo real para a elaboração de diagnósticos. É o equipamento mais eficaz, atualmente, para auxiliar a equipe médica na realização de intervenções cirúrgicas, por conta de seu funcionamento com direção leve, imagens dinâmicas e claras.

O arco utiliza intensificadores de leitura, o que resulta em menores quantidades de raios-X aplicadas, consequentemente em menor exposição à radiação para pacientes e profissionais da saúde.

Autor: Rogério Ribeiro/Fotos: divulgação