Prefeito Naumi Amorim autoriza início imediato da obra na Estrada da Barra Nova

83

O prefeito Naumi Amorim assinou nesta segunda-feira (17/2) a Ordem de Serviço para obra de requalificação da rua Eliezer de Freitas Guimarães, popularmente conhecida como Estrada da Barra Nova. Os serviços iniciam imediatamente.

A reforma da vida era cobrada há mais de dez anos pela população. “Vamos fazer a obra junto com a obra de expansão do sistema de abastecimento de água da Cagece. Esperamos que a obra seja executada o mais rápido possível e que a população agora ajude também na fiscalização”, disse o gestor.

Primeira-dama e deputada estadual, Erika Amorim classificou o momento como “um grande dia para a cidade”. “Conheço a luta do prefeito com esta demanda, que carecia ser resolvida com uma obra de qualidade. Desta vez será entregue um serviço de respeito ao povo de Caucaia.”

Orçada em mais de R$ 11 milhões, a intervenção integra o Avança Caucaia, maior programa de infraestrutura da história do município e um dos maiores do Ceará. O lote contempla também a reforma das ruas 115 e 117, no Planalto Caucaia.

Tanto na Barra Nova quanto nas ruas do Planalto vão ser executados serviços de drenagem, pavimentação, requalificação de passeios e iluminação pública. Serão requalificados, ao todo, cinco quilômetros dessas vias.

Fábio Mota, coordenador do programa Avança Caucaia, ressalta que a drenagem da estrada vai mitigar os problemas na malha viária local. “O acesso dos motoristas será tranquilo e de qualidade, e o tempo de deslocamento do Litoral até a Sede, e vice-versa, será diminuído.”

Moradora da Barra Nova há nove anos, dona Aline Silva destaca que a obra “será muito útil para população”. “É um sonho. Vai trazer benefícios para a parte turística e movimento no comércio local.”

Lena Batista, moradora há 18 anos da Barra Nova, relembra a dificuldade e o sofrimento de anos para trafegar na via. “Ficamos uma época até sem ônibus. Há mais de dez anos esperávamos por esta obra. Para nós, o fluxo vai melhorar, sem lama e risco grande de acidentes.”

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom