Pedreiro é preso por homicídio duplamente qualificado

412

facadaA equipe da Polícia Interestadual (Polinter) prendeu ontem, 17, o pedreiro Flávio Alves, 52, condenado por homicídio duplamente qualificado. A prisão aconteceu em uma residência localizada no Bairro Jóquei Clube.

De acordo com informações prestadas pelo delegado titular da Polinter, Emerson Luiz Freire, Flávio Alves teve sua prisão preventiva decretada pelo juízo da 7ª Vara Criminal da Capital por não comparecer em juízo.

Flávio é acusado de matar uma pessoa no ano de 2000, quando participava de uma festa denominada “Festa do Lavrado”. O crime ocorreu durante uma bebedeira e discussão com amigos, quando um deles chegou a ser atingido com uma facada.

Ferida, a vítima que não teve o nome informado, ainda com vida, disse que Flávio havia ajudado outra pessoa a golpeá-lo.

Flávio Alves não ofereceu resistência no momento da prisão e irá a júri popular devido à sentença que o pronunciou. Após passar por exames de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) foi encaminhado a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC).

Ascom: SESP-RR