Érika Amorim quer incentivar a participação popular junto ao parlamento e traça estratégia de ação em 2020

161

À frente da Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa do Ceará, a deputada estadual Érika Amorim (PSD) diz estar preparada para enfrentar os desafios que são garantir os direitos desta importante parcela da sociedade no ano que se inicia.

Em 2019, a parlamentar de primeiro mandato, conseguiu colocar a Comissão da Infância em destaque devido sua intensa movimentação em torno dos temas que envolvem a busca por políticas públicas visando assegurar a efetivação dos direitos das crianças e adolescentes.

Ao todo, além das 21 reuniões ordinárias, a comissão realizou cinco audiências públicas com intensa participação popular e dez palestras sobre temas atuais que serviram de norte para algumas tomadas de decisões e que produziram bons resultados. “Esses resultados nos enchem de alegria e esperança, pois mostram que nosso esforço está obtendo êxito”, afirmou a deputada.

Érika destaca, ainda, que no primeiro ano de sua gestão como deputada e à frente da comissão, foram realizadas duas importantes campanhas internas. Uma delas, em alusão ao Dia Nacional da Adoção executada em parceria com o grupo de apoio à adoção Acalanto. A outra tratou da divulgação do “Imposto de Renda – Valor Solidário”, onde o contribuinte pode doar um valor para o Fundo da Criança e do Adolescente (Feca) ao fazer sua declaração de Imposto de Renda.

DESAFIOS PARA 2020

Para 2020, os desafios são maiores. Além de dar continuidade ao trabalho da comissão, a deputada quer estreitar os laços do parlamento com a sociedade. Em suas redes sociais ela iniciou uma campanha junto aos seguidores visando a participação popular no direcionamento das ações. “O objetivo é incentivar as pessoas a participar com sugestões de temas que elas esperam que sejam abordados e, uma vez debatidos com autoridades, possam ser transformadas em políticas públicas”, disse Érika. Segundo ela, a agenda da comissão, bem como do seu gabinete, está sendo montada tendo como foco o engajamento popular.

Autor:  Maria Guilherme /Foto: Divulgação