Em coletiva: Bispos demonstraram preocupações com os sérios problemas de Iguatu

661

“São problemas que afetam o cotidiano das pessoas”

Na abertura da 21ª Assembleia Regional de Pastoral do Nordeste I da CNBB, que acontece em Iguatu- CE, nesta quinta-feira (8), as 19h, no hotel diocesano, o Arcebispo de Fortaleza e presidente do regional nordeste 1 Ceará, Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, o Bispo de Iguatu, Dom Edson de Castro Homem e o Bispo de Itapipoca e secretário regional do nordeste 1 da CNBB, Dom Antônio Roberto Cavuto, participaram de uma coletiva com a imprensa local, na oportunidade vários temas foram abordados. A 21ª Assembleia Regional de Pastoral que este ano traz como tema “A Igreja em Saída: uma conversão pastoral”, e lema “A alegria do Evangelho”.

Dom Edson pede a sensibilização das pessoas

dom edson castro

De acordo com o bispo de Iguatu, Dom Edson Castro, a Diocese vem fazendo uma espécie de mediação de pedido de socorro das ocupações. “É animar a esperança a partir da fé, não desanimar em crê na força e na potência do amor, também sensibilizar os demais que tem casas, tem prestigio e poder, em favorecer através da ajuda, pode ser uma cesta básica, pode ser a presença, eu digo repentinas vezes é bom fazer turismo nestes lugares, porque o Bispo vai lá, o instrumento imediato, o jornalista aquele que tem uma câmara for com o Bispo a população vê, mais não é só a população que tem que vê quem tem que vê é aqueles que podem solucionar os problemas” explicou Dom Edson.

A seca

seminario dom

Sobre a seca que assolar o estado do Ceará, Dom Antônio Roberto Cavuto e Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, informou que estiveram reunidos com o governador Camilo Santana (PT), na ocasião o governador demostrou uma imensa preocupação, e, de imediato apenas algumas situações paliativas poderiam ser executadas como escavações de poços e fornecimento de água através de caminhões pipas, e com a transposição do São Francisco a situação vai ser amenizada.

A assembleia

A assembleia regional no Ceará acontece de quatro em quatro anos e, em 2015 a Diocese de Iguatu recebe a missão de acolher este importante evento, que definirá os desafios a serem assumidos pela Igreja do Regional NE I da CNBB, tendo em vista o Projeto de uma Igreja em saída e as sugestões apresentadas pelo Conselho Episcopal Regional- CONSER, e as atividades que serão desenvolvidas para que as Dioceses sejam dinamizadas e os desafios assumidos. Fazem parte do Regional NE I da CNBB nove Dioceses, sendo elas: Iguatu, Crato, Itapipoca, Sobral, Fortaleza, Crateús, Limoeiro do Norte, Tianguá e Quixadá.

a assembleia

Problemas apontados

  • Falta de saneamento básico: O esgoto a céu aberto é um problema antigo da comunidade;
  • Obras inacabadas; Academias de saúde, quadra poliesportivas, posto de saúde entre outras;
  • Déficit habitacional cerca de 12 mil: seis ocupações em áreas públicas do município totalizando 1.400 famílias;
  • O município teve a maior greve de sua historia 115 dias de greve;
  • O município teve a maior matança de animais domésticos (cachorros e gatos) no estado do Ceará, cerca de 1.200 pelo procedimento de eutanásia;
  • O Lixão do município produz odor e fumaça prejudicando a saúde da população do bairro chapadinha e região;
  • A seca: na região do Alencar, muitas famílias já sofrem com o escasseies de água;
  • O município não tem um polo industrial;
  • A cadeia pública, super povoamento carcerário;
  • Hospital regional de Iguatu, volta para a prefeitura administrar, pela falta de pagamento os camilianos que não suportar mais a falta de pagamento.

 

Programação

  • Dia 08, quinta-feira
  • Noite – Coordenação: Pe. Ricardo Pompeu (Iguatu)
    18:00 – Jantar
    19:30 – Celebração de abertura
    – Memória da 20ª Assembleia de Pastoral realizada no Crato em 2011( Pe. Gilson Soares)
    – Boas Vindas (Dom Edson de Castro)
    – Fala do Presidente – Dom José Antonio A. Tosi Marques
    – Apresentação do Objetivo Geral : Dom Antônio Cavuto
    – Programação e Equipes de Serviços: Pe. Ricardo
    – Avaliando as Diretrizes e preparando a 21ª Assembleia (Mônica Pimentel)

Dia 09, sexta-feira

  • Manhã – Coordenação: Pe. Vileci Vidal (Crato)
    07:00 – Celebração Eucarística
    08:00 – Café
    08:30 – Análise de Conjuntura – Marcas do Nosso Tempo (Pe. Manfredo Oliveira)
    10:30 – Intervalo
    11:00 – Ressonância
    12:00 – Almoço
  • Tarde – Coordenação: Pe. Antônio Lopes (Limoeiro)
    14:00 – Eclesiologia DGAEs e Urgências Pastorais (Pe. Junior Aquino)
    15:30 – Intervalo
    16:00 – Ressonância
    16:30 -Grupos
    17:30 – Encerramento das atividades do dia
    18:30 – Jantar
    19:30 – Plenária
    20:00 – Reunião das Comissões Episcopais de Pastoral com seu bispo de referência
    21:00 – Oração da noite
  • Dia 10, sábado
  • Manhã – Coordenação: Pe. Antônio Eronildo (Quixadá)
    07:00 – Café
    07:30 – Oração da manhã
    08:00 – Orientações e trabalho em grupos (8 grupos de 15 pessoas)
    Discutir e sugerir 2 desafios a serem assumidos pela Igreja do Ceará, em vista do Projeto de uma Igreja em saída e sugestões apresentadas no CONSER de junho de 2015.
    09:30 – Apresentação dos desafios sugeridos
    10:00 – Intervalo
    10:30 – Ressonância e eleição dos 2 desafios
    11:30 – Informes
    12:00 – Almoço
  • Tarde – Coordenação: Pe. Ivan de Souza (Fortaleza)

  • 14:00 – Grupos: sugerir 2 atividades que vamos desenvolver para que os desafios possam ser assumidos e dinamizados em nossas Dioceses.
    15:30 – intervalo
    16:00 – Plenária e eleição (por aclamação) de 2 atividades para cada desafio
    17:00 – Avaliação
    18:00 – Celebração na Catedral
    19:00 – Jantar festivo
    Dia 11, domingo
    07:00: café da manhã – Retorno

 

Autor/Fotos: Rogério Ribeiro