Deputado Hiran Gonçalves homenageia comunidade japonesa em Roraima

390

“São pessoas que merecem nosso respeito, pois contribuíram para o desenvolvimento do Estado”.

Os 60 anos da imigração japonesa em Roraima foi o tema de pronunciamento do líder do PMN na Câmara Federal, deputado Hiran Gonçalves, na manhã desta quinta-feira, 3, na tribuna da Casa.

Na oportunidade, o parlamentar destacou a importância dessas famílias que passaram e as que permaneceram para a construção do Estado, ainda quando era o então Território Federal do Rio Branco.

Doi, Itikawa, Nakashima, Eda, Tsukuda, entre outras famílias mereceram a atenção de Gonçalves no plenário.

“São pessoas que vieram para Roraima e ali foram se instalando, trazendo seus costumes, tradições, conhecimentos e técnicas para o desenvolvimento dos vários setores produtivos de nossa região, merecendo nosso respeito e total admiração”, destacou.

O deputado aproveitou o momento para narrar um breve histórico sobre o processo de ocupação desses povos em solo roraimense.

“O primeiro japonês que temos registro, que chegou a Roraima foi o senhor Katsukus Doi. Ele foi um dos fundadores do município de Bonfim e faleceu em 2013. Os demais povos japoneses vieram em duas levas. A primeira veio para o Brasil para trabalhar na fazenda de extração de borracha chamada Belterra, no Pará, que meses depois veio ao então território do Rio Branco a convite do governador da época”, informou.

Segundo o parlamentar, no mesmo período vieram para Roraima 13 famílias escolhidas por meio de em um processo de sorteio. Sendo que duas delas, as famílias Eda e Tsukuda permaneceram na Capital e o restante na região do Taiano, localizada aproximadamente 90 quilômetros de Boa Vista. A falta de estrutura das estradas no período de inverno, fez com que muitas famílias resolvessem ir para outras estados ou até mesmo retornaram ao Japão.

“De 1980 até o ano 2000 muitas foram às colonizações e outras famílias de japoneses vieram para o Estado na busca por melhores condições de vida e ao mesmo tempo contribuir para o desenvolvimento do nosso povo”, enfatizou.

Hiran Gonçalves encerrou o discurso fazendo referência a algumas personalidades locais, como o deputado estadual Massami Eda (PMDB), a matriarca da família Eda, a senhora Moyo, que atualmente é paciente do seu consultório oftalmológico.

“São pessoas que mantiveram os seus sonhos e esperanças e hoje são figuras importantes para a sociedade. Registro nessa tribuna o meu reconhecimento e minha homenagem a todo o povo de Roraima, a toda a comunidade japonesa que vive em nosso Estado”, finalizou.

Autor: Ascom/Deputado/Foto: divulgação