SETEMBRO AMARELO: Cidi promove palestra em Caucaia sobre riscos da depressão e pensamentos suicidas

295

O Centro Integrado de Desenvolvimento Infantil (Cidi) promoveu nesta quarta-feira (4/9) a Sala de Espera Saudável, um projeto com a participação de psicólogos e enfermeiros cujo foco foi a prevenção ao suicídio. A mobilização integrou a campanha “Setembro Amarelo” dentro de um calendário anual de ações de preservação da vida.

A ação envolveu usuários do sistema de saúde. A Sala de Espera Saudável vai acontecer às quartas-feiras de setembro em dois horários: 8 horas e 13 horas. “Falamos sobre depressão e as diferenças com a tristeza”, conta a enfermeira Carla Sonaly, uma das palestrantes.

“Ficamos tristes quando perdemos um emprego ou um ente querido. Mas a tristeza da depressão é profunda; pode durar semanas e até meses. Em alguns casos, em anos, podendo evoluir para pensamentos suicidas”, acrescenta.

Palestras e rodas de conversa em alusão ao Setembro Amarelo também acontecem no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps) e nos Centro de Referência da Assistência Social (Cras), que visa à prevenção da ocorrência de situações de vulnerabilidade social e risco nos territórios.

A programação também chega no Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), onde são oferecidos serviços com o objetivo de acolher, orientar e acompanhar famílias e indivíduos em situação de violação de direitos.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio mata um brasileiro a cada 45 minutos. E pode ser prevenido em pelo menos 90% dos casos.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom