Barragem da Vale em Barão de Cocais entra em nível máximo de alerta para risco de rompimento; sirenes são acionadas.

151

Secretário de comunicação afirmou que não houve rompimento.

As sirenes voltaram a tocar na noite desta sexta-feira (22/03) por causa da barragem Sul Superior, da Mina de Gongo Soco, da Vale, em Barão de Cocais Região Central de Minas. Segundo o secretário de comunicação da cidade, Mardem Chaves, o nível de segurança, ou rompimento, na barragem que estava em 2 foi alterado para 3. Esta é segunda vez que as sirenes são acionadas em pouco mais de um mês.

Chaves afirmou que não houve rompimento. Segundo a Prefeitura, a orientação para a mudança do nível de dois para três partiu da Agência Nacional de Mineração (ANM). O motivo não foi informado. De acordo com a agência, o nível 3 significa “rompimento ou risco eminente de romper”.

No dia 8 de fevereiro, moradores das comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras foram retirados de suas casas após sirenes serem acionadas por risco de rompimento na barragem. De acordo com a Vale, a consultoria Walm negou a Declaração de Condição de Estabilidade da estrutura.

Segundo a prefeitura da cidade, na retirada em 8 de fevereiro foram cerca de 150 famílias atingidas – 452 pessoas – que foram levadas para hotéis em cidades da região. A administração municipal defende que essas pessoas sejam transferidas para casas alugadas até que possam retornar aos seus imóveis. Defende ainda que a barragem seja descomissionada o mais rápido possível, para que os riscos sejam sanados em definitivo.

O G1 entrou em contato com a Vale, que às 22h45, afirmou que ainda não tinha um posicionamento.

Veja comunicado da Prefeitura

A Prefeitura de Barão de Cocais informa que, por orientação da Agência Nacional de Mineração (ANM), o nível de alerta da Barragem Sul Superior da Mina do Gongo Soco passou para Nível 3. A informação que temos até o momento é do toque protocolar das sirenes do Gongo, mas sem sinais de rompimento.

A Defesa Civil do Estado já está a caminho do município e a qualquer momento divulgaremos mais informações sobre as razões para a elevação do nível de alerta.

Reforçando que a Defesa Civil de Barão de Cocais já está de plantão e a postos para toda e qualquer ação necessária.

Autor: Da redação com  Humberto Trajano e Luciane Amaral, G1 Minas e TV Globo — Belo Horizonte / Foto: Reprodução/TV Globo