Saúde para todos: Profissionais de saúde de Várzea Alegre e comunidade que necessitem terão suporte psicológico

45

O prefeito de Várzea Alegre, Zé Helder (MDB) e o secretário de Saúde, Ivo Leal, em reunião nesta tarde de segunda-feira, (23/3), na secretaria de Assistência Social, para avaliar as estratégias de combate ao coronavírus desempenhadas até o momento, anunciaram mais uma ação que será implantada a partir desta semana.

Será prestado suporte psicológico, por meio da equipe especializada na área psicossocial, para os profissionais de saúde e para pessoas da comunidade que venham a precisar desse apoio nesse momento de tensão por causa da covid-19. Reunião do tipo da que aconteceu nesta segunda-feira será rotina durante o combate ao coronavírus.

Os agentes envolvidos nas avaliações são profissionais de saúde que desempenham funções estratégicas na administração municipal e a direção do Hospital São Raimundo. No encontro de hoje, os profissionais avaliaram que as medidas tomadas até aqui estão dando resultados, mas que, serão avaliadas constantemente e podem ser mudadas e outras ações incorporadas, dependendo do momento e do comportamento da pandemia.

Nesta segunda, começou a operar as barreiras sanitárias nas três entradas da cidade para monitorar o fluxo de pessoas em deslocamentos e passando pelas principais estradas (CE – 060 E BR 230) que cortam a cidade interligando as regiões Cariri e Centro Sul. Uma equipe volante de saúde, composta por médico, enfermeiro e técnico de enfermagem, dá suporte à população via telefone, esclarecendo dúvidas sobre a convid-19, e caso haja necessidade, visita o paciente e dá encaminhamento para atendimento hospitalar ou para cuidados em domicílio.

O hospital continua atento e priorizando os atendimentos de urgência e emergência. Ivo Leal orienta que as pessoas só procurem o hospital em casos, de fato, necessários.  O secretário também destacou que os PSFs estão funcionando, para atender e orientar a população. Ele ressaltou que algumas atividades coletivas e eletivas foram suspensas para evitar a aglomeração de pessoas.

Num alerta mais enfático, o prefeito, reforçou o pedido para que a população se mantenha em casa, cumprindo o isolamento social. Ele, com base nas informações de autoridades de saúde, afirma que esta semana é crucial para diminuir a expansão do contágio e evitar o colapso do serviço de saúde pelas consequências do coronavírus.

Autor: Da redação com ascom/Foto: Augusto César