Povos de etnia Cigana tem representatividade em Roraima

1565

ciganosCriar mecanismos para capacitar os ciganos legítimos, descendentes e simpatizantes, para o desenvolvimento de projetos auto-sustentáveis econômica e culturalmente, através de parcerias que visem à garantia dos direitos constitucionais dos Povos de etnia Cigana; é um desafio e uma meta da Associação de preservação da cultura Cigana no estado de Roraima.

O representante no estado de Roraima da União Cigana do Brasil-UCB, o cigano legítimo, Rogério Wanzenon, que tem origem Kalón, é o idealizador da criação da Associação de Preservação da Cultura Cigana do Estado de Roraima, Wanzenon deve ser o presidente da entidade por aclamação, a reunião de posse da diretoria será nesta quinta-feira (28/11) conforme edital em anexo.

De acordo com o Cigano, a entidade vem forte pôs tem Ciganos guerreiros e comprometidos com o resgate das tradições Ciganas no estado de Roraima através, da musica, dança, artesanato, comidas típicas, além de suas alegres festas. “O povo cigano é um povo honesto, muito alegre e que vive procurando manter sua dignidade e honradez, não sendo procedente a reputação de ladrões que lhes é imputada” desabafou.

Sofreu preconceito e Bullyng

O representante dos Ciganos no estado de Roraima foi criado longe dos acampamentos, em Brasília, ele é jornalista, publicitário e autor de vários projetos sociais, Rogério Ribeiro, cigano legítimo, (Nome e sobrenome cigano – Rogério Wanzenon) sua família do grupo Kalón, A etnia cigana possui todo um histórico de discriminação, perseguição e sofrimento. Por medo do preconceito. “No dia em que falei na escola que era Cigano, passei a sofrer uma perversa discriminação, dos colegas e da própria professora, os amigos se afastaram e falavam que éramos ladrões de cavalo e de gente, um absurdo. Se sumia um lápis ou borracha na sala de aula, a primeira mochila a ser revistada era a minha. Foi assim por muito tempo” explicou, continuou. “Tivemos que mudar do Núcleo Bandeirante para o Cruzeiro Velho, cidade satélite de Brasília, para evitar a humilhação que passávamos, depois disso resolvi ocultar a minha origem. A minha mãe ficou assustada e preocupada com nossa situação e com intuito de nos proteger, tomou a decisão drástica de mudar toda a nossa documentação, segundo ela com autorização da justiça” contou Rogério Wanzenon.

 

Objetivos e finalidades da entidade

 

Entre vários objetivos e finalidades da entidade ele destacou alguns: Zelar pelos interesses coletivos, morais, culturais, sobretudo para a formação, ampliação e difusão da cultura Cigana em todo Estado de Roraima; Defender a democracia, a independência e o respeito à liberdade sem distinção de raça, cor, sexo, nacionalidade, convicção política ou religiosa; Coletar, registrar sistematizar e divulgar informações sobre a evolução das características, culturais, sociais, histórias e tradições do povo de etnia Cigana; Constituir e manter em locais distintos de sua sede, centros de referência culturais e cursos de formação e orientação, bem como projetos de atendimento a entidades identificadas com os objetivos da ASPRECIRR e Promover a abertura do Museu Cigano, que contará com sala de projeção para documentários e filmes com temas Ciganos, artesanatos, utensílios, telas, fotos e outras atividades.

A entidade conta com total apoio e é representante em Roraima da União cigana do Brasil na pessoa do presidente da UCB e do grupo Encanto Cigano.

 

Mio Vacite

Histórico

O maestro o extraordinário Cigano Mio Vacite, presidente da União Cigana do Brasil e fundador do grupo Encanto Cigano, foi considerado o melhor intérprete e compositor do CD “CORAÇÃO CIGANO”, lançado pela gravadora “SOM LIVRE”, trilha sonora da novela “EXPLODE CORAÇÃO” de Glória Pérez, exibida pela TV Globo, em 1996. Receberam, na ocasião, o Disco de Platina aqui no Brasil e em Portugal.

Um ano depois, em 1997, a “SOM LIVRE” produziu o CD “AS DEZ MELHORES TRILHAS SONORAS DE NOVELAS” da TV Globo, incluindo em uma de suas faixas a música “CHE-CHOVORRÍ”, executada pelo grupo MIO VACITE E O ENCANTO CIGANO da novela “EXPLODE CORAÇÃO”.

Esperança TV Globo (Italiano) 2002

Um só Coração TV Globo (Mini-série de época) 2004

América TV Globo – 2005

Bang-Bang TV Globo – 2006

 

UCB

A União Cigana do Brasil-UCB, com a proposta de resgatar, moralizar e preservar a cultura desse povo, esclarecendo suas tradições e revertendo a imagem preconceituosa advinda da desinformação, que tanto prejudica a interação dos ciganos com as variadas sociedades. A União Cigana do Brasil é uma entidade reconhecida como representante da cultura cigana no Brasil pela Internacional Roma Federation, INC que é filiada à ONU – Organização das Nações Unidas.

 

Grupo Kalón

Os componentes deste grupo fixaram residência especialmente na Espanha e Portugal, onde sofreram severas perseguições, pois sendo estes países profundamente católicos e conservadores, não podiam admitir os costumes ciganos, tanto que foram proibidos de falar o seu idioma, usar suas vestes típicas e realizar festas e cerimônias segundo suas tradições. O que os ciganos sofreram na Península Ibérica, lembra de certa maneira o que os negros sofreram em terras do Brasil.

 

Veja o edital publicado.

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

ASSOCIAÇÃO DE PRESERVAÇÃO DA CULTURA CIGANA DO ESTADO DE RORAIMA – ASPRECIRR/RR

 

Convido as pessoas interessadas para a Assembléia de Fundação da Associação de Preservação da Cultura Cigana do Estado de Roraima– ASPRECIRR/RR, a comparecerem no dia 28 de novembro de 2013, às 18h30min, à Rua 7 de setembro  nº 517, bairro Alvorada, em Boa Vista/RR, para discutir e deliberar sobre a seguinte pauta:

 

1.         Fundação da Associação,

2.         Aprovação do Estatuto Social;

3.         Filiação à ASPRECIRR/RR;

4.         Eleição e posse da Diretoria Executiva, Conselho de Juventude e do Conselho Fiscal;

5.         Outros assuntos de interesse.

 

Boa Vista/RR, 25 de novembro de 2013.

 

Comissão organizadora

Ascom: Ascirr