PF deflagra 2 Operações simultâneas no combate a crimes contra a ordem tributária

199

A Polícia Federal deflagrou, em conjunto com a Receita Federal , as Operações Ásia 1 e 2, que investigam a suposta prática dos crimes de lavagem de dinheiro, evasão de divisas, sonegação fiscal, associação criminosa, falsidade ideológica e descaminho praticados por empresários, consultores e despachantes aduaneiros no Ceará.

Segundo as investigações, os fatos são praticados por vários grupos empresariais, razão pela qual estão sendo apurados em dois Inquéritos Policiais distintos. Foi constatado um conluio entre proprietários de empresas importadoras de Fortaleza, com diversos despachantes aduaneiros e consultores em comércio exterior, visando esquema continuado de subfaturamento de mercadorias importadas e oriundas principalmente de países asiáticos, em especial da China.

As importações são declaradas às autoridades aduaneiras sempre em valores menores do que realmente são pagas e as diferenças de pagamento são direcionadas ao exterior por meio de doleiros, deixando de ser recolhidos milhares de reais em tributos todos os anos. Na Operação Ásia 1, estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão, nos municípios de Fortaleza, Eusébio e São Gonçalo do Amarante, sendo 8 nas residências das pessoas físicas investigadas e outros 7 nos endereços das empresas.

Na Ásia 2, estão sendo cumpridos, na capital cearense, 2 mandados de prisão temporária em desfavor dos principais sócios-administradores das empresas importadoras, e 20 mandados de busca e apreensão nos endereços das pessoas jurídicas e nas residências de despachantes, também em Fortaleza e em São Gonçalo do Amarante.

As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Federal do Ceará. Mais de 130 policiais federais e 40 auditores fiscais participaram das duas operações.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom