Movimento contra o aumento das tarifas intensifica coleta de assinaturas

335

coletaO movimento intensificou neste final de semana coleta de assinaturas do abaixo-assinado contra os aumentos abusivos das tarifas do transporte urbano de Boa Vista.

Os pontos de assinaturas foram: na entrada do circo Mirage, na feira do Pintolândia e na feira do Garimpeiro, de acordo com os organizadores do movimento, além dos usuários do transporte coletivo urbano de Boa Vista a população em geral está sendo solidária ao movimento onde demostraram “insatisfação e revolta” com o aumento das tarifas.

Abusiva, muito cara. Um absurdo! Esses são alguns dos adjetivos dados por usuários do transporte coletivo de Boa Vista diante do aumento no preço da passagem de ônibus. As novas tarifas passaram a valer no dia 2 de janeiro.

As vozes que propagam o clamor da insatisfação geral têm expressado, além da revolta contra o aumento das tarifas de transporte público,  a indignação contra os vereadores que não se manifestaram contra os aumentos das tarifas.

O vendedor, Marcos Lustosa, 26 anos, não ficaria tão chateado se o reajuste se revertesse em melhorias no sistema de transporte coletivo. Ele mora no Centro, e tem de pegar dois ônibus para chegar à casa da sua irmã que mora no bairro Equatorial.

É abusiva. Uma das maiores tarifas do Brasil. Não tem necessidade de aumentar tanto – diz Rosangela da Silva, 22 anos, moradora do Aracelis.

A diarista, Francisca Rodrigues, 29 anos, “Saio de casa, cedo, porque pego dois ônibus, com esse aumento, vou ter que cortar na alimentação dos meus dois filhos” disse Francisca.

O aposentado José Ferreira, 66 anos. “O valor deveria ser menor por causa da qualidade do serviço que é oferecido” destacou o aposentado.

De acordo com um dos coordenadores do Movimento, Rogério Ribeiro. “O transporte urbano em Boa Vista é caro e precário. Isso não pode continuar e estamos nos mobilizando para mudar essa realidade” disse Ribeiro, que falou também. “A ação pretende uma revisão nas tarifas, uma audiência pública para discutir o sistema de transporte de passageiros da capital, desmembrar a Emhur que hoje tem quantidade ínfima de fiscais, uma das sugestões do movimento é que a prefeita Teresa Surita (PMDB) crie a secretaria de transporte, mobilidade e trânsito entre outros assuntos pertinentes ao transporte de Boa Vista” explicou.

É indiscutível que os passageiros possuem o direito de um transporte digno e condizente com a tarifa exigida, bem como de serem ressarcidos judicialmente caso ocorra um erro na qualidade deste transporte, está implícito na lei, todavia a questão vai além destas considerações e se pauta no aspecto de que enquanto não se levar com seriedade o respeito à vida e a dignidade do ser humano, os problemas ainda iram se propagar por longo período.

Programação

Sexta-feira/10/01

Local Terminal de transporte de passageiros (centro) e nos bairros

Das 8h às 10h

Local Circo Mirage

Das 19h às 20h

Sábado/ 11/01.

Feira do Pintolandia e nos bairros

Das 8h às 12h

Domingo/12/01.

Feira do Garimpeiro e nos bairros

Das 8h às 12h

Segunda-feira/13/01.

Local Terminal de transporte de passageiros (centro) e nos bairros.

Das 8h às 10h.

Terça-feira/14/01

Das 8h às 12h

Comércio local (centro)

As 15h balanço da ação

Grande concentração da Praça do centro cívico

As 15h balanço da ação

Caminha prevista para as 17h com destino ao Espaço da Cidadania

Ato: protocolo do abaixo-assinado.

Ascom: MTST/RR.