Dia D de Combate à hanseníase acontece na Clínica do Homem em Caucaia

150

O dia D de combate à hanseníase em Caucaia aconteceu nesta terça-feira (28/1) com palestras e atendimento dermatológico na Clínica de Saúde do Homem, equipamento referência em atendimento e tratamento contra a doença no município. A programação foi realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Intitulada Janeiro Roxo, a campanha conta com programação gratuita em todos os equipamentos de saúde de Caucaia cujo objetivo é sensibilizar a população sobre as formas de contágio da hanseníase e a oferta gratuita do tratamento na rede pública municipal. O acompanhamento é feito entre seis meses e um ano, também com intervenção medicamentosa.

“Um vizinho foi diagnosticado e, desde então, fiquei mais atenta, apesar de receber a orientação da médica de que o contágio é apenas com convívio intenso”, disse Terezinha Costa, de 71 anos.

Moradora da Jurema, ela estava na Clínica do Homem para consulta de rotina e foi abordada por técnicos do Departamento de Mobilização da SMS para acompanhar a palestra. “Já recebi algumas orientações, mas é sempre bom relembrar e a gente se atualizar”, ressaltou.

Segundo a dermatologista Tábata Carneiro, que atua na Clínica do Homem, “o cuidado básico é, se houve algum caso na família, que todos que moram na casa e convivam com o paciente diagnosticado se dirijam a um posto de saúde para fazer a pesquisa se há alguma lesão no corpo.”

Ela ressalta que na maioria dos casos a doença não apresenta sintomas. “A pessoa perde a capacidade de diferenciar quente ou frio. São manchas na pele, que podem ser brancas, claras ou também avermelhadas. Por isso, o ideal é que diante do aparecimento de qualquer lesão a pessoa procure um médico”, enfatiza Tábata.

O Departamento de Vigilância Epidemiológica da SMS registrou queda no número de casos de hanseníase em Caucaia. Foram 39 em 2019. Em 2018, 46 casos foram confirmados. Indivíduos com idade entre 50 e 59 anos totalizaram 21 casos nos dois anos. A doença atingiu menos as crianças com idade entre dez e 14 anos. Apenas um caso nesta faixa etária foi registrado em 2018.

Até esta sexta-feira (31/1), a SMS realizará abordagens e palestras nos postos de saúde, focando a prevenção e os cuidados com a hanseníase. As atividades acontecerão nas unidades do Velho São Miguel, Picuí, Sérgio Rodrigues, Itambé, Tôco, Tabapuazinho, Parque Albano, Antônio Jander (Araturi), Arianópolis, Planalto Caucaia, Rocilda Pontes, Tabapuá, Potira I e Potira II.

SERVIÇO
CLÍNICA DE SAÚDE DO HOMEM
ONDE:
rua da Consolação, nº 202, no Novo Pabussu.
QUANDO: de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 15 horas.

Autor; Da redação com ascom/Foto: ascom