Com presença do Prefeito Ednaldo Lavor, Ministério da Cidadania anuncia programa de capacitação profissional.

261

Caminho Promissor vai oferecer oportunidades a pessoas com deficiência e jovens em medidas socioeducativas do Cadastro Único

O Ministério da Cidadania divulgou a lista com o nome dos 28 municípios selecionados para implementação dos programas Caminho Promissor e Nova Vida. Eles oferecem capacitação profissional para pessoas com deficiência e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, integrantes de famílias inscritas no Cadastro Único. O anúncio foi feito durante evento nesta quarta-feira (18/12), em Brasília. Com a presença do prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PSD).

O investimento do governo federal pode chegar a R$ 11,9 milhões, dependendo do número de pessoas que serão atendidas em cada município.

O prefeito Ednaldo Lavor está cumprindo agenda em Brasília objetivando a conquista de mais benefícios para o município, onde conseguiu a liberação de R$ 200 mil para a compra de uma VAN (adaptada para deficientes) e R$ 100 mil para a capacitação de pacientes.

O município de Iguatu (CE) receberá recursos para capacitação e transporte das pessoas com deficiência. O prefeito, Ednaldo Lavor, explica que a parceria com o governo federal vai beneficiar os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. “Vai ajudar o município como um todo. Estamos muito felizes porque entendemos que, quando se trata de pessoas com deficiência, a luta deve ser de todos”, concluiu.

Para a secretária Nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana do Ministério da Cidadania, Rita Passos, gerar ocupação, trabalho e renda é uma forma de promover a cidadania. “O Caminho Promissor é uma vida que promete” destacou

Nova Vida

Dos 28 municípios, quatro fazem parte da ação “Em Frente, Brasil”, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. São eles: Cariacica (ES), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR). Os quatro receberão recursos para capacitação de jovens em cumprimento de medidas socioeducativas. Para a secretária Rita Passos, gerar ocupação, trabalho e renda é uma forma de promover a cidadania. “Queremos que esses jovens tenham uma nova vida”, disse.

Saiba mais

Os municípios selecionados foram: Aracaju (SE), Belford Roxo (RJ), Blumenau (SC), Cachoeirinha (RS), Canoas (RS), Carapicuíba (SP), Cariacica (ES), Caruaru (PE), Crato (CE), Cubatão (SP), Goiânia (GO), Governador Valadares (MG), Hortolândia (SP), Iguatu (CE), Itapetininga (SP), João Pessoa (PB), Jundiaí (SP), Marília (SP), Mogi das cruzes (SP), Mossoró (RN), Novo Gama (GO), Osasco (SP), Ourinhos (SP), Paulista (PE), Pinhais (PR), São Félix do Xingu (PA), São José do Rio Preto (SP) e São José dos Pinhais (PR).

Autor: Da redação /Foto: Rafael Zart