Carnaval 2017! Projeto Escola de Samba em Movimento será implantado em Várzea Alegre

3381

O projeto escola de samba em movimento visa evidenciar e ativa o trabalho dos carnavalescos através das apresentações culturais

Na comunidade da zona rural Roçado de Dentro de Várzea Alegre, será implantado, neste domingo (15/01), as 17h, o projeto Escola de Samba em Movimento, na sede da Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro (ESURD).  Formada em sua maioria por trabalhadores rurais, a Unidos do Roçado de Dentro possui 30 títulos do carnaval de Várzea Alegre.

Idealizado pelo jornalista, publicitário e carnavalesco, Rogério Ribeiro, a proposta foi apresentada, para alguns membros da diretoria da Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro (ESURD), em uma reunião informal. Ele explica que o projeto surgiu de uma necessidade dos carnavalescos da capital tocantinense, o projeto piloto foi implantado em Palmas no mês de junho de 2011. “Este primeiro momento é um breve resumo do projeto, que foi bem aceito pela diretoria, e será oficializado no próximo domingo. O projeto visa dar visibilidade e resgatar a cultura do carnaval através das apresentações, onde a agremiação carnavalesca recebe um cachê, para ser investido na própria escola” explicou Ribeiro, que acrescentou o apoio da prefeitura municipal de Várzea Alegre através do prefeito Zé Helder e do vice-prefeito Dr. Fabricio Rolim.

escola-de-samba-esurd-2

De acordo com o presidente da ESURD, Francisco das Chagas Sousa, “A reunião foi muito boa, muito produtiva. O projeto vai trazer muitos benefícios, como a interação através das apresentações, além de temos um recurso para manter a escola” destacou Sousa.

Para a vice-presidente da agremiação, Barbara Meneses “A ESURD passará a ser visto com outros olhos, não apenas na época do carnaval. Hoje tivemos o pontapé inicial. Essa apresentação da proposta do projeto foi excelente e será muito importante para a comunidade, pois com as apresentações teremos um pouco de recurso para custear as dispensas da escola” declarou Barbara.

O secretário da ESURD, Antônio Meneses foi taxativo “Era tudo que nós estávamos precisando de um projeto dessa natureza unido a cultura e recurso”, definiu Antônio.

O carnavalesco Raimundo Sousa, “Muitos só lembram-se da gente nesse período, e com a implantação do projeto Escola de Samba em Movimento vamos fica em evidência o ano inteiro” brincou Raimundo.

Para as ritmistas Marta Meneses e Paula Silva o projeto vai dar mais visibilidade a ESURD.

A matriarca da ESURD, dona Antônia Meneses demonstrou alegria sobre o projeto e falou da criação da escola “São mais de 50 anos, a ESURD foi fundada no ano de 1963, por Pedro Souza, Chico Menezes, Antônio José de Souza, José de Vicente e Lázaro Menezes” disse dona Antônia.

escola-de-samba-esur-5

Unir entretenimento e negócio

Valorizando as produções artísticas locais, com isso o projeto vai contribuir para a promoção do turismo em Várzea Alegre, promovendo também a geração de emprego e renda.

Apresentação

Na apresentação do projeto, estão previstos os ritmistas, rainha da bateria, casal porta-bandeira e mestre-sala, passistas e destaques, ao som dos instrumentos cavaquinho, violão, pandeiro, surdo, cuíca, agogô, reco-reco, tamborins e percussão.

Objetivo:

Realizar apresentações, através de desfile, que propicie a comunidade, e adeptos do carnaval por meio da cultura carnavalesca varzealegrense, consequentemente mais uma opção de entretenimento também para o público em geral.

Implantação do projeto

Dia: 15/01/17

Horário: às 17h

Local: Sede da ESURD

Autor/Fotos: Da redação do Portal RRinterativo