Barbalha concede renda emergencial para artistas e fazedores de Cultura

77

A Prefeitura de Barbalha vai conceder renda emergencial aos fazedores de Cultura e artistas locais.  As inscrições começam nesta quarta-feira, 22, e prosseguem até o próximo dia 31, neste link, junto à Secretaria de Cultura e Turismo: https://barbalha.ce.gov.br/ficha-de-pre-cadastro-da-lei-de-emergencia-do-setor-cultural-lei-aldir-blanc/

O benefício é concedido por lei federal e Barbalha foi contemplada, garantindo ajuda emergencial superior a R$ 444 mil reais. Além dos próprios artistas, os recursos destinam-se à manutenção de espaços artísticos e culturais, micro e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações culturais comunitárias que tiveram suas atividades interrompidas por força das medidas de isolamento social.

Confira quem tem direito ao benefício:

1 – Pontos e pontões de cultura.

2 – Teatro Independente

3 – Escola de Música, de Capoeira e de artes e Stúdios e Companhias de escolas de dança.

4 – Circo

5 – Cineclube

6 – Centros Culturais, casa de cultura e centro de tradições regionais.

7 – Museus comunitários, centro de memória e patrimônio.

8 – Biblioteca comunitária

9 – Espaçosos Culturais em comunidades indígenas

10 – Centros artísticos e culturais afro-descendentes

11 – Comunidade quilombola

12 – Espaço de povos e comunidades tradicionais

13 – Festas populares, incluindo o Carnaval, São João e outras caráter regionais.

14 – Teatro de Ruas e demais expressões artísticas e culturais realizadas por espaço público.

15 – Livrarias, editoras e sebos.

16 – Emprego de diversões e produção de espetáculos.

17 – Stúdios e Fotografias

18 – Produtoras de Cinemas e audiovisuais

19 – Atelier de pinturas, modas, designer e artesanato

20 – Galeria de artes e fotografias

21 – Feira de artes e artesanatos

22 – Espaço e apresentações musicais

23 – Espaço de Literatura, poesia e literatura de cordel

24 – Espaço e centro de cultura alimentar de base comunitária

25 – Outros espaços de atividades artísticas e culturais validados no cadastro aos quais se refere o artigo 7º da lei referente à instituição da matéria.

Autor:  Da redação com ascom/Foto: ascom