ALTO ALEGRE – Motorista é preso em flagrante por embriaguez e homicídio culposo

358

motorista preso O delegado titular do município de Alto Alegre, Douglas Gabriel da Cruz, informou que o motorista Claudemir Silva Duarte, 30, foi preso e autuado em flagrante por embriaguez ao volante e homicídio culposo. Ele conduzia uma Hilux e capotou o veículo após uma ultrapassagem, matando o garoto Kaylo Sandakyel Silva de Souza, 11. O acidente aconteceu às 17h30 de sábado, 12, na estrada que dá acesso à Vila de Samauma, município de Alto Alegre.

A vítima estava de carona no veículo e não usava cinto de segurança. Claudemir Silva e o amigo Sebastião dos Santos Dias, 28, retornavam de um aniversário na Vila Samauma e na estrada encontraram o garoto Kaylo de Souza, que pilotava uma motocicleta.

As investigações apontaram que Claudemir Silva parou o carro e disse ao garoto que ele não poderia conduzir a motocicleta, pois não tinha idade para dirigir. Os três colocaram o veículo na carroceria da Hilux e seguiram viagem com destino ao Alto Alegre.

Antes de chegar na sede do município, Sebastião Dias disse que Claudemir Silva ultrapassou um veículo Gol, de cor vermelha, mas que perdeu o controle do veículo, quando o pneu traseiro saiu da estrada, capotando por várias vezes.

A testemunha disse ainda aos policiais que ele e o motorista usavam o cinto de segurança, mas que o garoto Kaylo de Souza, que estava no banco de trás, não utilizava equipamento e foi “cuspido” para fora do veículo.

Os três foram socorridos e levados para o Hospital de Alto Alegre, onde o garoto Kaylo de Souza morreu. Devido a gravidade dos ferimentos, os dois homens adultos foram removidos para o Pronto Socorro Francisco Elesbão em Boa Vista.

O médico que atendeu os feridos em Alto Alegre disse para os policiais que Claudemir Duarte estava com sintomas de embriaguez. Foi confirmado pelo amigo dele, Sebastião Dias,  que Claudemir havia ingerido bebida alcoólica durante a festa.

O delegado Douglas Gabriel da Cruz disse que foi dada voz de prisão ao motorista ainda no Pronto Socorro Francisco Elesbão. Segundo o delegado várias diligências estão sendo feitas para concluir o caso, sendo uma delas a oitiva de testemunhas.

“Quando o Claudemir Duarte receber alta médica ele será conduzido para a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo”, disse o delegado.

Ascom: SESP-RR/FOTO: ILUSTRADA