Agenor Neto ignora CPI do Aterro Sanitário e não justifica ausência

288

“Pela segunda vez consecutiva o parlamentar não comparece a CPI”

“É lamentável esta postura de desrespeito com os iguatuenses, com a CPI e com a própria Câmara pelo ex-prefeito de Iguatu e deputado estadual Agenor Neto (PMDB)”.

O deputado Agenor Neto, ignorou a convocação da CPI do Aterro Sanitário instalada na Câmara Municipal de Iguatu e não compareceu para prestar depoimento na manhã desta segunda-feira (14) ás 10h. Varias pessoas informaram que Agenor Neto foi visto nas proximidades do hotel Havena na manhã desta segunda-feira.

Diante do fato, o presidente da CPI, vereador Marconi Filho (PT) e o relator Mario Rodrigues (PROS), avisaram que será solicitada ao Judiciário a condução coercitiva do ex-prefeito de Iguatu e atual deputado estadual, Agenor Neto.

Para o relator da CPI, vereador Mario Rodrigues, as denúncias são gravíssimas, portanto merece o comparecimento do deputado Agenor Neto para prestar os esclarecimentos necessários.

De acordo com o presidente da CPI, Marconi Filho, a comissão vai se reuni na tarde desta segunda-feira (14) com o departamento jurídico e se for necessário e conforme a Lei será solicitado ao Judiciário à condução coercitiva do ex-prefeito de Iguatu e atual deputado estadual, Agenor Neto.

 

cpi aterroEntenda o caso

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instaurada na Câmara Municipal de Iguatu, para apurar possíveis irregularidades nos recursos aplicados para a construção do aterro sanitário de Iguatu, na época Agenor Neto era o prefeito de Iguatu e hoje atual deputado estadual.

Vale ressaltar que Agenor Neto foi convocado para prestar esclarecimentos no dia 13 de novembro, às 11h, na CMI, porém não compareceu,  alegando  através de um oficio que foi intimado em um prazo de apenas 5 (cinco) dias, e que para a data citada teria outros compromissos agendados, a comissão ficou atenta e no dia 23 de novembro intimou o deputado Agenor Neto, dessa fez com um considerado prazo, para segunda –feira ( 14) , às 10h, na Câmara Municipal.

Autor/Foto: Rogério Ribeiro