VÁRZEA ALEGRE: MAIS DE 40% DA POPULAÇÃO JÁ TOMARAM PELO MENOS A PRIMEIRA DOSE DA VACINA CONTRA COVID-19

88

Em Várzea Alegre 42% da população já foi vacinada com a primeira dose e 20% tomaram a segunda dose de vacinas contra a Covid-19.

Os números do vacinômetro desta terça-feira, 13 de julho, já consolidados, apontam que 17.378 pessoas foram vacinadas, sendo que, 17.378 tomaram a primeira dose e 8.074 foram vacinadas com a segunda dose, completando o ciclo de imunização contra a Covid.

Nesta terça-feira, num dia de repescagem da vacinação para mulheres grávidas e puérperas, mais de 70 pessoas foram vacinadas, somando mais de 90% desse público.

Segundo informou o secretário de Saúde de Várzea Alegre, Ivo Leal, está prevista para quinta-feira, 15 de julho, repescagem para todas as pessoas que agendaram a data no Saúde Digital, mas não compareceram, pessoas acima de 60 anos de idade que, sendo desse grupo prioritário, não quiseram tomar, mudou de ideia, e agora quer vacinar-se e para todas as pessoas que perderam o agendamento ou que não se vacinaram por estarem doentes ou com sintomas da Covid.

As pessoas na faixa de idade de 55 a 65 anos que fizeram o agendamento e não compareceram, não precisam fazer novo agendamento, basta apresentar no ato da vacina, o comprovante do agendamento que já tinha sido feito.

Para essa nova repescagem, explicou Ivo Leal, o agendamento poderá ser aberto nesta quarta-feira, 14, e procura vacinar pessoas na faixa etária de 55 a 65 anos.

Ivo Leal informou também que, dos grupos vacinados em Várzea Alegre, para todos, a cobertura vacinal atingiu mais de 90%, o que, dentro das resoluções que regram a vacinação, permite ao município avançar para outros grupos. Sendo assim, conforme Ivo Leal, as vacinas que chegarem agora serão para vacinar as pessoas na faixa de idade de 35 a 39 anos.

O agendamento para o público de 35 a 39 anos no Saúde Digital, da Secretaria de Saúde (Sesa), do Governo do Ceará, deverá ser aberto ainda nesta semana, até sexta-feira, 16 de julho.

Autor:  Da redação com asccom Foto: Fábio Oliveira