WhatsApp e formulário são criados para população indicar novas manchas de óleo na Caucaia

194

A Prefeitura criou dois canais diretos de contato pelos quais a população pode colaborar com o comitê Juntos Contra o Óleo no trabalho de localização das manchas do produto químico que têm surgido no litoral de Caucaia, notadamente no Cumbuco.

A partir de agora, é possível enviar fotos, vídeos, áudios e localizações para o seguinte WhatsApp: (85) 9.9800.1449. Gerido pela Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans), o número do aplicativo de mensagens é exclusivo para recebimento desse tipo de material.

Os técnicos da pasta vão encaminhar as mídias para o comitê Juntos Contra o Óleo adotar as providências necessárias de verificação da denúncia e, em comprovada a veracidade do fato, a limpeza da região. É fundamental que o informante diga a localização das manchas.

Informações sobre os mutirões ou quaisquer dúvidas a respeito da operação de limpeza devem ser obtidas nos canais oficiais da Prefeitura na Internet e nas redes sociais tanto da gestão quanto do prefeito Naumi Amorim. O gestor tem acompanhado de perto, diária e presencialmente, a evolução dos trabalhos.

Quem não deseja utilizar o aplicativo de mensagens (ou mesmo não dispõe dele) e quer ajudar também pode. É possível colaborar com o Comitê preenchendo um formulário on-line cujo conteúdo é imediatamente enviado para técnicos da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura (SetCult) – que, por sua vez, alertam as equipes de limpeza.

Tanto o WhatsApp quanto o formulário ficarão disponíveis 24 horas todos os dias nos quais a cidade estiver em situação de emergência. O status de Caucaia é esse desde quarta-feira (6/11), um dia após o surgimento das primeiras manchas de óleo. Em 72 horas, a Prefeitura recolheu 14,5 toneladas do químico, cuja origem ainda é desconhecida – assim como os danos que pode representar ao corpo humano e à vida marinha.

Além do WhatsApp e do formulário, os canais tradicionais da Ouvidoria Geral do Município estão abertos para o recebimento de manifestações que indiquem onde há mais casos de óleo na faixa de areia. É possível colaborar por telefone, e-mail ou mesmo presencialmente.

Desde o início dos mutirões de limpeza, na última terça-feira (5/11), logo após o surgimento das primeiras manchas, a ajuda da população tem sido fundamental para o sucesso dos trabalhos. É graças também à ação de voluntários que o comitê Juntos Contra o Óleo conseguiu retirar tanto produto da praia.

Além de técnicos da gestão municipal, atuam na limpeza da orla de Caucaia efetivos da Marinha, Corpo de Bombeiros, Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Nos últimos três dias, mais de 500 pessoas participaram das frentes de trabalho.

SERVIÇO
WHATSAPP

(85) 9.9800.1449

OUVIDORIA GERAL
ONDE:
rua Francisco Sales, nº 116, no Centro de Caucaia.
TELEFONE: 3342.8064
E-MAIL: ouvidoriageral@caucaia.ce.gov.br

FORMULÁRIO

Autor: Da redação com ascom/foto: ascom