Vereadora Dra Luciana Rolim traz nova denúncia contra o edil Michael Martins

251

Por receber benefícios sociais Energia na Baixa Renda e Bolsa Estiagem

NOVA DENÚNCIA

Senhores e senhoras, quero aqui, trazer para vocês outro fato que envolve o vereador falso moralista Michael Martins. Saibam todos que, o vereador Ingressou no programa Bolsa Estiagem. Ele recebeu as seis parcelas do programa, cada uma no valor de R$ 80,00, de dezembro de 2013 a maio de 2014, mesmo tendo renda superior aos critérios do programa, visto que, nesse período, como já comprovado, ele exercia, também ilegalmente as funções de professor neste município e de assessor parlamentar do deputado federal Guimarães. Isso comprova que o vereador, usou de sua influência política dentro da Secretaria Municipal de Agricultura e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, para fraudar mais um programa do governo federal, repito, no caso, o programa Bolsa Estiagem, voltado para os agricultores atingidos pela seca.

O vereador é falso, dissimulado e não respeita sequer sua esposa, que mesmo atuando como professora, ele a envolve nas suas fraudes, tendo ela recebido o Bolsa Estiagem no período julho a novembro de 2012 e de janeiro a novembro de 2013.

Quando falo que esse vereador é falso moralista, posso dar como exemplo a denúncia que fez nesta casa e no MP de uma servidora que estaria recebendo o bolsa família. Na tribuna fez um espetáculo sobre este caso, mas que nunca trouxe a esta tribuna que sua esposa como servidora da educação com salário inicial de R$ 1.514,76, renda superior a estabelecida pelo programa que era de até 2 salários mínimos. O salário mínimo em 2013 era R$ 678,00. Sem falar que com essa fraude ele mais uma vez tomou o lugar de quem realmente precisa.

Discurso Dra. Luciana Rolim, Sessão da Câmara – 02.05.19

Colegas vereadores e vereadora, a política, por vezes, nos apresenta grandes homens, notáveis pelos relevantes serviços que prestam à população, ora nos apresenta falsos moralistas. Pessoas que se aproveitam de suas funções para fraudar programas de governo e enganar o povo. Pessoas que fazem tudo para ser dar bem, usando o povo simples como escudo, para isso se utilizam de um discurso demagógico e falso. São os lobos vestidos de cordeiros. Na última sessão, fui acusada de usufruir de regalias e fazer negociatas junto a gestão pública. De prontidão, fiz a minha defesa e mostrei quem vive ao longo desses 12 anos de regalias e negociatas. Hoje usarei esta tribuna para mais uma vez me defender de acusações feitas pelo vereador Michael Martins. Desta vez, feita na forma mais covarde, em redes sociais através de um vídeo editado, onde ele diz só o que lhe interessa e tenta confundir a opinião pública. Mas o povo de Várzea Alegre sabe quem é ele e quem sou eu. Por quê ele não postou o vídeo de seu pronunciamento da última sessão na íntegra? Atitudes de pessoa covarde. Prática esta do seu feitio. No vídeo ele atribui que as acusações relacionadas a ele são mentiras. Embora na última sessão está registrada nesta casa seu discurso onde o mesmo reconhece que são erros do passado. Eu vou mais uma vez, expor os fatos para que fique bem claro que não foram criados por mim, portanto não sou mentirosa.

Primeiro – Energia Elétrica na Baixa Renda (Tarifa Social)

O vereador Michael Martins tinha dois imóveis em seu nome, mesmo com salário de vereador nos anos de 2017 e 2018. Ele tirou a oportunidade de uma pessoa, de fato, carente, ser beneficiada com o programa, que é direcionado apenas para pessoas de baixa renda. Em seu discurso só fez referência ao imóvel do Riachinho, escondendo do povo que o seu segundo imóvel no sítio Ronca também está no baixa renda. Em consulta a Enel cada família tem direito ao benefício em uma única unidade consumidora. Portanto senhor vereador, você fraudou este programa tendo 2 imóveis cadastrados na baixa renda com salário de vereador superior a renda estabelecida pelo programa.

Segundo – Aluguel do Veículo Fiat Strada Working (Riscadinha do Bem)

Veículo adquirido pelo Programa Mais Alimentos destinado a escoamento de produção agrícola foi alugado ao Riscadinha do Bem (jogo do bicho) e esse veículo é destinado para agricultura. É lamentável…. No vídeo o vereador justifica esta prática ilegal de desvio de finalidade, o carro que era para carregar frutas está carregando é cartelas do jogo. Que o aluguel só foi por 5 meses e que o jogo já fechou. Todos nós sabemos que o ex-prefeito Vanderlei está por trás deste jogo. O mesmo em entrevista à rádio cultura falou na época da chegada deste empreendimento Riscadinha do Bem e nós sabemos vereador que isto sim é uma negociata feita entre você e o ex-prefeito para lhe beneficiar.

Terceiro – Gerente do Núcleo de Agropecuária – 2014 a 2016 (Funcionário Fantasma)

Ele disse que foi cedido ao sindicato. Mas, a realidade é que, não existiu legalmente por parte do município a cessão do servidor. Isso é mais uma mentira do vereador. Em consulta que fiz a prefeitura, conforme declaração o município de VA não tem nenhum instrumento legal que autorize na época a cessão de funcionários para o sindicato dos trabalhadores rurais. Mais uma mentira do vereador Michael ou uma negociata política, prática costumeira de sua pessoa. (Apresentar declaração)

Quarto – Assessor Parlamentar do Deputado Federal Guimarães – 40 horas semanais

Período – Agosto 2012 a Fevereiro 2014. Sendo que, a partir de 2013, ele também ocupava o cargo de professor na Secretaria de Educação de Várzea Alegre, com 40 horas semanais também. Ao acumular as duas funções ele confronta a Constituição que proíbe o acúmulo desses cargos públicos. Estou com o manual do secretário parlamentar, que recebi de consulta que fiz ao Congresso Nacional. Michael mesmo sabendo dos impedimentos para tomar posse como secretário parlamentar, que é vetado o direito de exercer cargo, emprego ou função pública em outro órgão, mesmo assim, assumiu o cargo de professor a partir de 2013 no município de Várzea Alegre, estando ciente, Mas logo após ser nomeado, o vereador tratou logo de fazer uma nova negociata desta vez com o ex-prefeito Vanderlei, assumindo em abril de 2013 o cargo de professor com o salário inicial de R$ 1.451,00, enganando a turma de Brasília. Mas que não vai enganar a justiça de Deus e dos homens.

Quinto – Emprego de Professor – 40 horas em Várzea Alegre.

Ele foi professor no mês de abril de 2013, em seguida colocou a esposa, Helen Luci, na sua vaga, nos meses de maio, junho e julho, retornando em agosto do mesmo ano, ficando até junho de 2014. Isso quer dizer que o interesse do vereador é mesmo por dinheiro. Se articula de todas as formas, e nos casos aqui elencados, de maneira ilegal para ser dar bem. É manobra do parlamentar. Neste mesmo período trabalhava 8 horas por dia, de segunda a sexta, como assessor parlamentar. Fica a pergunta: Como trabalhava as 8 horas como professor também de segunda a sexta? Só tem uma resposta, era fantasma em um desses empregos.

Todas essas atitudes indecorosas configuram mentiras, e, portanto, quebra do decoro parlamentar. O vereador que é tão puritano deveria ressarcir aos cofres públicos, já que o que o mesmo fez foi fraudar, enganar e desviar recursos públicos.

Contato do Vereador citado 88 9 9625-8725

Contato da Vereadora 88 9 9713-1477

Autor: Ascom vereadora