Várzea Alegre Tatame Cidadão: Mais de 200 alunos do Tatame Cidadão recebem medalhas e diplomas

147

O Governo de Várzea Alegre desenvolve no município, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, desde 2017, o projeto Tatame Cidadão – Promovendo protagonismo, revelando talentos.

O Tatame Cidadão, que tem continuidade em 2018, faz parte das oficinas do Serviço de Convivência e de Fortalecimento de Vínculos ofertadas pelos CRAS.

O projeto leva para os serviços sociais da cidade o esporte por intermédio das artes marciais nos estilos karatê Shidokan e taekwondo, com orientação dos oficineiros Brendon Silva e Maria Ribeiro.

Em 2017, o Tatame Cidadão começou com 150 alunos. Atualmente são mais de 200 adolescentes e jovens no projeto.

Em reconhecimento pelos esforços dos alunos que permaneceram no projeto durante um ano, na noite dessa quarta-feira, 25, no Centro Social Urbano (CSU), foi realizada a solenidade “Destaques do Tatame Cidadão 2017”, com a entrega de medalhas e diplomas para todos os participantes.

Teve palestra com Cícero Rodrigues – professor de educação física falando sobre a importância da educação física para o desenvolvimento do ser humano.

Laura Maria – secretária de Assistência Social de Várzea Alegre, disse que os resultados do programa são notáveis na vida dos adolescentes e jovens participantes. “É com muita alegria que estamos comemorando um ano do lançamento do projeto Tatame Cidadão que vem mostrando um resultado notável na prevenção do uso das drogas, na prevenção da violência, na diminuição da evasão escolar, no combate à prostituição”, disse.

Laura afirmou que esse projeto é motivo para agradecimentos ao prefeito Zé Helder e ao vice-prefeito Dr. Fabrício Rolim pelo incentivo às políticas públicas para os adolescentes e jovens do município.

Ela disse que o projeto Tatame Cidadão atende a adolescentes e jovens da cidade e da zona rural.

A jovem Quetely Gonçalves é aluna do Tatame Cidadão e agradeceu à gestão municipal pelo projeto que classificou de maravilhoso por está tirando crianças das ruas. “Está sendo uma honra pra mim. Não só pra mim, mas para todos os meus colegas que estiveram comigo nesse ano, participando desse projeto maravilhoso. Agradeço ao prefeito Helder e ao vice-prefeito Dr. Fabrício Rolim por esse projeto está tirando crianças das ruas e do mundo das drogas. Esse projeto é muito importante para a conscientização de todos e da população”, disse.

A oficineira do Tatame Cidadão, Maria Ribeiro – Professora de taekwondo, disse que era gratificante, depois de um ano do projeto, ter o carinho e o reconhecimento dos alunos e poder retribuir com eles com essa premiação destaque. “É algo simbólico e o nosso carinho com eles [alunos], é muito maior que esse diploma e essa medalha e que eles possam permanecer motivados e também que permaneçam no projeto, e não estar no mundo das drogas, no mundo da prostituição, é isso que o projeto tá buscando”, disse.

A entrega de medalhas e diplomas em noite de destaques do projeto Tatame Cidadão foi acompanhada pela secretária de Assistência Social, Laura Maria e equipe, pelo coordenador de Esportes Cícero Sousa, pelos vereadores Antônio Alcântara (PT), Kleiton do Bar (MDB) e pelos familiares dos alunos.

O prefeito Zé Helder, acometido por uma virose, não pode comparecer à solenidade. Ele destacou que o Tatame Cidadão, bem como outros projetos desenvolvidos pela gestão nas áreas da assistência social, de educação, esportiva e de saúde, são pontes de apoio para que os jovens e adolescentes de Várzea Alegre busquem sempre os melhores caminhos para suas vidas e pelo conjunto de suas famílias.

Ele destacou que o projeto Tatame Cidadão é também uma iniciativa inovadora do Governo de Várzea Alegre através da Assistência Social.

 Autor: Da redação com Ascom/Foto: Augusto César