Tempo de Justiça: Tribunal do Júri sentencia réu a 24 anos de reclusão

204

O 1º Tribunal do Júri de Fortaleza sentenciou Jailson de Macedo Silva (vulgo Cabelo) a 24 anos e 10 dias de reclusão por duplo homicídio consumado e por integrar organização criminosa. A sentença foi proferida durante julgamento da sessão do Júri realizado na quarta-feira (22/05) e a pena privativa de liberdade será cumprida em regime inicialmente fechado.

Consta na denúncia que, no dia 27 de maio de 2017, por volta das 12h30, o réu, na companhia de um terceiro indivíduo identificado até o momento como Adalberto, matou as vítimas Alisson Sousa Marques e Francisco Gleison Ferreira de Morais, conhecido como “Pé Seco”, no bairro Vila Manoel Sátiro, em Fortaleza. A motivação do delito seria o fato de a vítima “Pé Seco” ter envolvimento com tráfico e facção criminosa rival.

“Resta claro, que os vitimados foram mortos pelo ora delatado Jailson, vulgo ‘Cabelo’ e por ‘Adalberto’, ainda não qualificado nos autos, sendo ambos criminosos pertencentes à facção criminosa Comando Vermelho (CV), com atuação no bairro Mondubim”, observou o MP.

Tempo de Justiça

O processo foi amparado pelo programa “Tempo de Justiça”, que é uma parceria entre Ministério Público, Poder Judiciário, Defensoria e Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, com o apoio técnico da Vice-Governadoria do Estado. O Comitê realiza reuniões mensais com todos os órgãos para avaliação dos resultados e identificação de problemas, desde a fase de inquérito até o julgamento, com a finalidade de propor medidas para reduzir os índices de criminalidade no Estado, por meio do aumento da celeridade dos processos judiciais de crimes contra a vida ocorridos em Fortaleza.

Autor: Da redação com ascom/Foto: divulgação