Suzane Richthofen deixa prisão para ‘saidinha’ de Dia das Mães

68

Essa é a terceira vez que a detenta obtém o benefício na data. Ela foi condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais. Ana Carolina Jatobá, condenada pela morte de Isabella Nardoni, também deixou a prisão.

A detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, deixou o presídio em Tremembé (SP) às 8h10 desta quinta-feira (10/05) beneficiada pela saída temporária de Dia das Mães. Esse é o 3º ano consecutivo que ela é colocada provisoriamente em liberdade na data.

Além dela, outras detentas também deixaram o presídio para a saída temporária, entre elas, Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabela Nardoni.

A saída é um benefício concedido aos presos do regime semiaberto e que tem bom comportamento. Suzane deverá retornar ao local na próxima terça-feira (15) até 17h.

Ao sair da prisão, Suzane foi recebida pelo noivo, um empresário de Angatuba (SP). Eles deixaram o local de carro. Suzane não deu entrevista. (veja vídeo abaixo)

Essa deve ser a última vez que presa obtém saída temporária no Dia das Mães. Isso porque ela pleiteia o regime aberto, desde junho do ano passado, para cumprir o restante da pena em liberdade. Ela está presa em Tremembé desde 2006.

O pedido será analisado pela Justiça – a expectativa é que isso ocorra em breve, mas não há prazo.

‘Saidinha’

Ana Carolina Jatobá deixa a prisão em Tremembé para celebrar Dia das Mães (Foto: Bruno Pellegrine/TV Vangarda)

Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabela Nardoni, também saiu da presídio nesta quinta. Ela, que é interna do mesmo presídio que Suzane, foi condenada por matar a enteada em 2008.

Anna e o marido, Alexandre Nardoni, que também está preso em Tremembé, pediram a redução da pena ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi condenado a 30 anos e dois meses de prisão enquanto a madrasta da menina teve como pena 26 anos e oito meses de cadeia. Eles aguardam análise do pedido.

Na região do Vale do Paraíba cerca de 3 mil detentos têm direito às saidinhas. Eles serão colocados em liberdade entre esta quinta e sexta-feira (11).

Autor: Da redação com Luara Leimig, G1 Vale do Paraíba e região/Foto: Luara Leimig/TV Vanguarda)