Social: Prefeitura de Caucaia e MP discutem ações para emissão de registro de nascimento

47

A execução do projeto “Documentar para Existir”, que visa reduzir a quantidade de cidadãos caucaienses sem certidão de nascimento, foi pauta de reunião ocorrida na manhã desta quarta-feira (5/12) com representantes da Prefeitura de Caucaia e Ministério Público do Ceará (MPCE), e uma representante de cartório da região.

“O objetivo desses encontros é que o projeto se concretize o mais rápido possível, alcançando o maior número de pessoas que ainda não tenham o registro civil e possam se dirigir aos cartórios para garantir esse documento”, disse a procuradora de Justiça Vera Maria Ferraz.

Nesta primeira fase do projeto, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Coordenadoria de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria (Corac), atua com agentes comunitários em diversas áreas buscando localizar pessoas sem o documento.

“Vamos intensificar o trabalho retomando o diálogo com esses profissionais de saúde no sentido de continuarem as buscas e efetivarmos esse quantitativo”, informou a coordenadora do Corac, Denise Teles.

Estima-se que 40 mil pessoas não possuam certidão de nascimento em Caucaia. O número é equivalente a 12% da população.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Ascom