SME de Caucaia realiza oficina contra trabalho infantil

140

A Secretaria Municipal de Educação (SME) promoveu, nesta terça-feira (12/3), a Oficina de Formação do “Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho das Crianças e dos Adolescentes” (PETECA). A oficina, realizada no auditório do CENFA – Centro de Formação e Avaliação Terezinha Costa Lima, foi ministrada pelo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Ceará e coordenador geral do Peteca,  Antônio de Oliveira Lima.

Para o procurador, o PETECA “é sobretudo um programa de conscientização da comunidade escolar, daí a importância de os educadores, que convivem diariamente com essas crianças, compreenderem o trabalho infantil como um problema e estarem atentos para perceber essa violação de direitos que se manifesta no dia a dia da escola através do chegar atraso, do faltar, do estar cansado, de algumas marcas físicas, como machucados, e psicológicas, como baixa autoestima”.

“Esse olhar atento do educador faz a diferença e permite que identifiquemos e façamos a busca ativa pela rede de proteção, com Creas, Cras, Conselhos, que acompanhem essas famílias, as incluindo em programas sociais, e proporcionando a essa criança ou jovem a possibilidade de se engajar nas políticas públicas de esporte, cultura, aprendizagem profissional e outras”, destaca Oliveira Lima.

A Secretária de Educação, Camila Bezerra, também destacou a importância do evento. “Estamos contando hoje com a presença de alunos e gestores de todas as 96 escolas do município que têm o Ensino Fundamental II, o que é muito importante, pois engaja toda a comunidade escolar contra o trabalho da criança e do adolescente no município de Caucaia, formando multiplicadores em cada uma dessas escolas”, afirma.

Além de professores, alunos e técnicos da SME, o evento também contou com a participação de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social, Núcleos de Cidadania dos Adolescentes (NUCAS), Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) e Comitê Estadual de Adolescentes contra o Trabalho Infantil.

Na ocasião foram premiados os alunos das nove escolas que realizaram os melhores trabalhos escolares em 2018 sobre o tema da erradicação do trabalho infantil nas modalidades  conto, poema, desenho, curta metragem e música. Ao todo, foram 76 trabalhos inscritos, um recorde no município de Caucaia.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom