Secretário Moacir Soares faz balanço positivo de sua pasta

211

“É justo e oportuno agradecer o apoio do nosso Prefeito, Naumi Amorim, foi decisivo para esses acontecimentos” diz o secretário.

 A pedido do prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PMB), o gestor da pasta teve a incumbência de reabrir, reformar e construir  alguns equipamentos de Saúde, que estavam inacabados, fechados e inoperantes,  bem como o efetivo de profissionais e medicação, que era um grande anseio da população.

Segundo o secretário da pasta, Moacir Soares muito ainda se tem a fazer, mas o ano de 2017 teve saldo positivo, em meio à crise financeira que assola o município. Assim que assumiu a Secretaria, Soares  teve o desafio de fazer uma Saúde de qualidade e com igualdade para todos os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Caucaia.

Muito estudioso e apaixonado por um bom livro e belas musicas, o secretário encontrou no trecho da música DISPARADA, algo que diz tudo sobe o que se segue “Prepare o seu coração para coisas que eu vou contar.. Fizemos a síntese da síntese das principais realizações da saúde até então. E, compartilho com vocês, ao tempo que agradeço a todos por me ajudarem nessas tantas e importantes realizações” conta Soares.

De acordo com Moacir Soares, os servidores da saúde vêm tendo um papel especial, “Pois, em todas essas ações e projetos, constam as marcas digitais dos profissionais. Isso se traduz que o sucesso é obra de muitos, sobretudo, da ação coletiva. Temos muito a comemorar, não obstantes as dificuldades e a situação encontrada realizamos tantos feitos” destacou o secretário que acrescentou “A saúde pública de Caucaia, começa a debutar na passarela dos destaques no âmbito regional, estadual e até nacional” afirmou.

Equipe

Enaltecendo ainda a equipe, Moacir Soares destaca “Contando com essa equipe tão bem postada e movida por esse combustível infindável de querer cada vez mais fazer o melhor, me afoitarei sempre está na linha de frente desse time de primeira divisão. E como diz os sábios versos da música do Gonzaguinha” finaliza Moacir Soares.

“Fé na vida, fé no homem, fé no que virá

Nós podemos tudo, nós podemos mais

Vamos lá fazer o que será…”

PRINCIPAIS REALIZAÇÕES:

  1. Ampliação do Programa Saúde da Família de 34 para 78 Equipes, que realizam em média 450 mil consultas médicas e 320 mil consultas de enfermagem e N outras ações mutiprofisinal;
  2. Implantação da Coleta Laboratorial descentralizada em 14 pontos estratégicos eqüidistantes, visando melhorar acesso da APS, segue a ralação dos locais de coleta: (LABORATÓRIO MOREIRA DANTAS CENTRO, PACHECO, TABUBA, SÍTIOS NOVOS, CATUANA, PRIMAVERA, MATÕES, NOVA METROPOLE, TUCUNDUBA, CARAUÇANGA, BOM PRINCIPIO, MIRAMBÉ, MOREIRA DANTAS JUREMA I E MOREIRA DANTAS JUREMA II)
  3. Implantação de residências médicas e multiprofissional, sendo:

* 10 Residentes em medicina de família e Comunidade R2

* 03 Residentes em Medicina de Família e Comunidade R1

* 06 Residentes em Psiquiatria R2R3

* 14 Residentes multiprofissionais

  1. Melhoria da Infra Estrutura com a construção de 03 novas UBS; Reforma e ampliação de 15 UBS, Alugueis de 07 casas, 03 UBS em reforma e 01 UBS em construção;
  2. Implantação do Projeto HumanaLuz/Lei do Parto Humanizado
  3. Criação de um novo modelo de gestão da APS – G6, Apoiadores e Nível Central;
  4. Criação da Coordenação de Educação Permanente, cursos realizados: Urgência/Emergência, Sala de Vacina, Coachigng, Ambiência Acolhedora para as UBS, desenvolvimento infantil, Introdutório para os Motoristas E vários outros;
  5. Em implantação o Projeto “UBS Modelo” – Araturi, Itambé, Velho São Miguel, Planalto, Picuí e Sitios novos;
  6. Implantação do SPNI em todas as UBS;
  7. Em implantação o projeto de planificação da APS: Estratificação de riscos, atendimento com hora marcada e POPS e N outros produtos;
  8. Entrega de Fardamentos e material de trabalho para os ACS e ACE;
  9. Elevação do percentual da gratificação dos ACS para 45% do valor do incentivo, regulamentação do 14ª salário entre outros apoios;
  10. Apoio ao trabalho dos ACE: Fardamento, Transporte e Pagamento do14ª salário, integração a APS e etc.
  11. Melhoria de todos os indicadores epidemiológicos e de gestão;
  12. Redução significativa das Arboviroses;
  13. Ampliação da oferta de Consultas e Exames Especializados: Mamografia de 125 para 750; Consultas de oftalmologia de 135 para 1.000; Varios exames pela Otoimagens, muitos outros prla Policlínica da Jurema, RNM e outros.
  14. Captação de Emenda Parlamentar, destinada para custeio da rede;
  15. Destinação de 100% do IPTU para custeio e investimento da saúde;
  16. Descentralização da Central de Regulação para 13 UBS em breve para todas as UBS;
  17. Realização de o projeto registrar para existir em parceria
  18. Contratação de aproximadamente 160 médicos para todo rede assistencial;
  19. Realização da etapa I do Projeto de requalificação do Hospital Abelardo Gadelha: Nova Emergência, Sala de Acolhimento, Reabertura de 26 Leitos, Climatização e N outros alas;
  20. Implantação do médico chefe de equipe nas UPAS e Hospital;
  21. Aquisição de um potente e moderno aparelho de Raio-X;
  22. Aquisição de 05 ambulâncias, sendo 03 para os hospitais e 02 para os Distritos mais distantes;
  23. Implantação de um CAPS infantil;
  24. Contratação de 08 médicos psiquiatras para os CAPs, recebemos 6 médicos psiquiatras da residência. Hoje são 14 psiquiatras a disposição.
  25. Implantação de atendimento odontológico de urgência 24 horas na UPA Centro;

29 em processo de obtenção o Selo de Qualidade conferido pela SESA para aproximadamente 10 equipes;

  1. Implantação de um Comitê de formulação e prevenção do mosquito AEDES AEGYPTI;
  2. Convocação de 100% dos concursados de todas as categorias profissionais;
  3. Formação de 2 Colegiados de Gestão – Colegiado da APS e Colegiado da Atenção Especializada com reuniões semanais;
  4. Criação das Rodas de Conversa – Saúde em Debate Técnico e Saúde em Debate Ampliado;
  5. Em implantação 04 SAD;
  6. Em processo de licitação Ampliação e a Reforma da Maternidade, com implantação do Centro de Parto Normal CPN e requalificação de vários ambientes para projeto humanaLuz;
  7. Ampliação de 300% do número de partos realizados pela maternidade, de 96 mês, para 356;37. Instalação das usina de gases na UPA Centro

38. Quase que Triplicamos o número de atendimentos e a produtividade na UPA do Centro, no Hospital e na Maternidade;

39. Novas instalações da SSM;

40- Implantação de 47 CLS Conselhos Locais de Saúde, sendo um conselho composto por 12 titulares e 12 suplentes para cada UBS. Uma verdadeira participação popular e um efetivo controle social na gestão;

41- Inauguração UPA Jurema e conscientemente sua habilitação com mudança de porte para porte 3, tipo 8;

42- Realização da Territorialização para reconhecer os principais problemas do território. Vale ressaltar que as documentações desse trabalho estão preparando uma publicação, digo uma coletânea com 6 volumes que ficará para galeria da posteridade;

43- Elaboração de protocolos clínicos e desenho de fluxos para especialidades e exames complementares; Foto projeto humana luz X lei do parto humanizado;

44- outras e muitas outras realizações.

Autor/Fotos: Rogério Ribeiro