Saboroso e saudável

443

Cru, assado ou cozido, o peixe está entre as principais opções culinárias neste período de quaresma

Os pescados estão presentes na mesa das famílias brasileiras no ano todo, mas, principalmente no período da quaresma, a gastronomia aposta no aumento do consumo de peixe. Os peixes são saboreados crus, assados, grelhados, cozidos e fritos. Segundo a professora do curso de nutrição da Universidade Federal do Tocantins (UFT) Tatiana Evangelista, os peixes são ricos em nutrientes. “Além de ser uma excelente opção de carne magra, é um alimento com bom valor nutritivo, devendo ser consumido pelo menos duas vezes por semana. Os principais nutrientes encontrados nos peixes são o ômega 3, ferro, vitamina B12, fósforo e iodo”, diz. A nutricionista lembra que o Tocantins é um Estado privilegiado por ter acesso fácil aos peixes. “O ômega 3 encontrado nos peixes é uma gordura de boa qualidade, que possui ações protetoras em nível cardiovascular, favorecendo também a redução do colesterol no sangue.

“É importante se preocupar com a forma de preparo para garantir um melhor aproveitamento nutricional. As melhores formas são assados, grelhados e cozidos, mas é importante lembrar que é bom evitar peixes fritos, assim como a fritura em geral”, explica.

Além da forma de preparo, Tatiana afirma que é importante ter atenção quanto ao uso de alimentos perecíveis. “É preciso saber comprar esse alimento, pois o peixe é muito perecível. Para tanto, no momento da compra do peixe, é fundamental que se observe a higiene do local, no qual o pescado é comercializado e, principalmente, como é conservado. Além disso, deve-se prestar atenção na cor e odor”, ensina. A especialista lembra que o odor deve se assemelhar às brisa do mar e a cor bem viva e brilhante.

 

Quaresma

Durante o período de quaresma, os fiéis cristãos abdicam de comer carne vermelha. Para degustar o melhor do pescado, a chefe de cozinha Maria Ivonete indica o tucunaré tocantinense. “Para aqueles que não comem carne nessa época, indico  o tucunaré servido frito acompanhado de pirão, vinagrete e arroz branco. É uma ótima opção”, afirma.

A gastronomia japonesa vem ganhando popularidade por ser saudável, conforme declara o chefe de cozinha Edvan da Silva, mais conhecido como Jirin. “Utilizamos muito o salmão, que é um peixe que tem muito ômega 3 e, por ser preparado sem cozer, consegue manter todos os nutrientes. Além disso, é uma alimentação bem leve, com pouca gordura. As pessoas que malham ou querem ter uma alimentação mais saudável procuram com bastante frequência”, diz.

 

O chefe de cozinha Maurício Goulart é adepto dos pratos à base de peixe. Para ele, o pescado é uma das melhores opções, ele ensina a preparar um pescado assado e sugere acompanhamento de salada, farofa e arroz branco.

 

Verdadeiras delícias com Peixes, Veja fotos:

 

Pescado assado

Tempo de preparo: Aproximadamente duas horas

Ingredientes: Peixe inteiro desviscerado de 1,5 KG, Sal grosso, dois limões, duas cebolas grandes e papel Alumínio.

Modo de preparo: Lave o Peixe , tempere com os limões e sal a gosto. Corte as duas cebolas em grossas rodelas e coloque dentro da assadeira sobre uma fina camada de sal grosso. Coloque o peixe já temperado na assadeira e cubra com papel alumínio e leve ao forno à 180º por aproximadamente 90 minutos.

Acompanhamento: Salada de alface, tomate, cebola, pimentão e pepino. ou arroz branco, farofa simples composta de cebola e bacon.

Dica: Ao utilizar o papel alumínio para o preparo de qualquer prato coloque o lado brilhoso em contato com os alimentos e o lado fosco para o lado de fora. Isso evita que o alimento grude no papel.

HHUUMMM!!!!! Bom apetite…..

Da redação comCarol dos Anjos/Foto: ilustrada