Rosinha Garotinho deixa prisão

60

A ex-governadora saiu da Cadeia Pública de Benfica à 0h21 e 20 minutos depois estava em sua casa. Ela será monitorada por tornozeleira eletrônica.

A ex-governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho, deixou a prisão no início da madrugada desta quinta-feira (30).

Rosinha deixou a Cadeia Pública de Benfica, na Zona Norte, à 0h21. Ela saiu do complexo com um ventilador de chão, estava acompanhada de seu advogado, Carlos Azeredo, e encontrou a filha Clarissa.

Rosinha entrou em sua casa, no Flamengo, por volta de 0h40.

A ex-governadora vai ser monitorada por uma tornozeleira eletrônica e está proibida de deixar o Rio.

Segundo a decisão dos desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TER-RJ), que concederam o habeas corpus, Rosinha terá que ficar em casa à noite.

A ex-governadora e o marido, o também ex-governador Anthony Garotinho, foram presos há uma semana acusados de crimes eleitorais, corrupção e organização criminosa.

Os desembargadores negaram habeas corpus para Garotinho. A defesa vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  O casal nega as acusações.

Autor: Da redação com G1/Foto: Divulgação