Residentes multiprofissionais expõem trabalhos que podem ser implementados pela SMS de Caucaia

318

Caucaia se dedica para valorizar projetos de intervenção voltados à Saúde da Família e Mental do município. Nesse contexto, residentes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) apresentaram nessa segunda-feira (1/7) 12 trabalhos de conclusão em Residência Multiprofissional com temas voltados para ambas as categorias.

Iniciados no primeiro semestre de 2017, os trabalhos fazem parte da reta final da Residência Integrada em Saúde, que conta com uma equipe de 14 profissionais graduados, com nível de especialização vivenciada em diversos territórios caucaienses.

“É um momento bastante especial. As apresentações tratam de realidades vivenciadas em Caucaia. São projetos que muito interessam à nossa gestão e possivelmente muitos deles podem ser aproveitados pela Prefeitura”, disse coordenadora de Educação Permanente em Saúde da SMS e articuladora da Residência Multiprofissional no município, Camila Moreira.

A prevalência da Sífilis Congênita foi tema escolhido no trabalho apresentado pela residente em Saúde da Família Marcela Bezerra. “Por saber que a enfermidade traz diversas repercussões às crianças, a Fisioterapia está diretamente ligada a essas percepções. Por perceber o aumento de casos dentro do território, achei pertinente escolher esse tema”, explicou a profissional.

“Caucaia teve um crescimento bastante significativo em relação às ações de Saúde Mental. Com a chegada da Residência Multiprofissional, nós tivemos uma ampliação desse olhar para a categoria que é muito carente”, avaliou o residente em Saúde Mental, enfermeiro Guanacy Dias.

Os residentes da Saúde da Família Mental são fisioterapeutas, nutricionistas e dentistas. Na Saúde Mental fazem parte: enfermeiros, terapeutas ocupacionais, educadores físicos, psicólogos e assistentes sociais.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom