Projeto À Procura de Estilo homenageará os anos 80

288

O Centro de Educação Sesc realiza nesta sexta-feira, 12, a partir das 19h, o projeto À Procura de Estilo, que homenageará a cultura pop dos anos 80 no Brasil. O evento será realizado no Teatro Jaber Xaud, no Centro de Atividades do Sesc Mecejana.

A coordenadora do projeto, a professora de Artes, Áurea Barros, disse que os alunos realizaram primeiramente uma pesquisa sobre qual tema seria abordado. Segundo ela, os programas de auditório, seriados famosos e grupos musicais infantis despertaram o interesse dos alunos.

“Os estudantes escolheram a cultura pop dos anos 80, valorizando a moda, a dança e a música da época. Eles tiveram como referência os próprios pais e outras pessoas da família”, disse a professora.

O público poderá conferir coreografias e danças ao som de grupos como Frenéticas, Dominó, Balão Mágico, Turma da Xuxa, Blitz, Sidney Magal e RPM. Uma banda formada pelos alunos executará canções da banda Paralamas do Sucesso.

Será realizado também um desfile de moda ao som das músicas clássicas da banda Legião Urbana. As peças de roupas foram confeccionadas pelos alunos e outras garimpadas no fundo do guarda-roupa dos próprios pais.

À Procura de Estilo – É um projeto realizado pelos alunos da 1º Série do Ensino Médio Integral e já está em sua décima edição. A atividade surgiu com a necessidade de mostrar para os estudantes que a arte está presente no dia a dia, nas mais diversas formas e linguagens.

“O projeto busca identificar e valorizar aqueles alunos que, de alguma forma, possuem algum talento para arte, seja na música, na dança, artes cênicas ou plásticas. Por outro lado, trabalhamos também para despertar a sensibilidade artística dos alunos”, disse a gerente de Educação, Lourdes Picão.

Além do aspecto artístico, o projeto À Procura de Estilo também trabalha valores que contribuem diretamente para a formação de conceitos de cidadania nos alunos. A responsabilidade, o compromisso, a iniciativa e o trabalho em grupo são alguns dos elementos valorizados nas atividades.

“Como a coordenação e execução do projeto são de total responsabilidade dos alunos, eles se empenham ao máximo para realmente realizar um espetáculo. Com isso, estamos estimulando a integração entre os estudantes, dando oportunidade para se expressarem e trabalharem em grupo”, explicou Lourdes.

Ascom/foto:SESC-RR