Profissionais da saúde de Iguatu participam de oficina de formação para tutores

182

A ESPI tem o objetivo de fortalecer a política nacional permanente em educação

A Escola de Saúde Pública de Iguatu (ESPI) promove, em parceria com a Universidade Federal do Paraná e o Ministério da Saúde, Capacitação de Cursos de Especialização para profissionais da Saúde. A ideia é trabalhar na formação dessa categoria no sentido de desenvolver projetos pedagógicos.

A coordenadora de Formação em Educação Permanente da ESPI, Lili Holanda, explica que dez profissionais da Secretaria da Saúde do Município participam do curso. “A ESPI tem o objetivo de fortalecer a política nacional permanente em educação, e a ESPI entende que esses cursos qualificam, ajudam os profissionais na assistência aos usuários”, explicou.


De acordo com a coordenadora do Portal do Departamento de Atenção Básica (PMAQ), Fideralina Albuquerque, o curso irá trazer grandes avanços para a atenção primária do município, uma vez que os Agentes Comunitários de Saúde desenvolvem um trabalho direto com a população. “Sabemos que a contribuição de cada um deles é importante para a qualidade do serviço ofertado na Saúde. É por isso que o município vem investindo nesses profissionais”, disse.

  • Autor: Da redação com Ascom/foto: Ascom