Prefeitura de Caucaia encerra pesquisa domiciliar para formulação do PMU

84

As pesquisas domiciliares para formulação do Plano de Mobilidade Urbana (PMU) da Prefeitura de Caucaia encerraram no último sábado (30/11), nos bairros Curicaca, Icaraí e Iparana. O objetivo da pesquisa é reunir dados suficientes para definição de políticas públicas de mobilidade para a cidade.

“Agora, temos mais detalhes sobre o destino mais frequente dos caucaienses, qual o meio de transporte mais utilizado e como este transporte é utilizado”, disse o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito (AMT), Carlos Augusto Cavalcante Cunha.

O questionário também foi aplicado aos moradores dos bairros Metrópole, Parque Potira, Araturi, Parque Santo Amaro, Guadalajara, Tabapuá, Itambé, Tabapuazinho, Parque Albano e Parque das Nações. Cerca de 3.854 residências foram visitadas.

Esta é a primeira vez nos 260 anos de Caucaia que a cidade elabora um PMU. O documento é obrigatório para municípios com mais de 20 mil habitantes, conforme estabelece a Lei Federal nº 12.587/12 ao instituir as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana.

Os dados também são determinantes porque hoje Caucaia executa o maior programa de infraestrutura integrada da história da cidade e um dos maiores do Brasil: o Avança Caucaia, cujo objetivo é interligar os três maiores distritos do município (Sede, Jurema e Litoral) e uma série de outras ações. Mais de R$ 320 milhões serão investidos via financiamento do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).