Prefeito Roberto Cláudio e governador Camilo Santana inauguram Policlínica do Jóquei Clube

368

Equipamento amplia o atendimento da Rede de Atenção Especializada da Prefeitura de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana inauguraram a Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues, nesta quarta-feira (23/10). Localizado no bairro Jóquei Clube (Regional III), o novo equipamento faz parte da estratégia de fortalecimento da atenção à saúde e possibilitará mais agilidade no acesso a atendimentos especializados e rede de exames.

“Um dos grandes desafios da assistência à saúde municipal é reduzir as filas de exames e consultas. Este equipamento passa a funcionar com 13 especialidades médicas, diversos exames radiológicos, cardiológicos, entre outros, e possibilitará uma grande diversidade de consultas especializadas e exames laboratoriais que vão poder agora ser acessados com maior velocidade e qualidade, em um equipamento moderno para os pacientes da rede municipal e da região metropolitana”, afirmou Roberto Cáudio.

Roberto Cláudio lembrou ainda que outros equipamentos do tipo estão por vir. “Além dessa policlínica, temos uma funcionando no Jangurussu e mais duas a serem abertas, uma no Passaré e outra no Siqueira, consolidando e ampliando uma rede de atenção as consultas médicas e exames radiológicos”, disse.

A nova policlínica funciona com atendimento em 13 especialidades médicas nas áreas de cardiologia, endocrinologia, cardiologia, ginecologia, neurologia, urologia, dermatologia, nefrologia, infectologia, angiologia, oftalmologia, estomaterapia, dentre outras, com foco, em especial, na linha do cuidado ao paciente hipertenso e diabético.

Além disso, oferece o Serviço Ambulatorial Especializado (SAE) para pessoas que vivem com HIV/AIDS e um centro cirúrgico destinado a pequenos procedimentos de baixa complexidade, possibilitando a descentralização e regionalização do atendimento à população nos territórios.

Com capacidade para cerca de 6.300 consultas médicas mensais, a unidade ofertará exames de ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia, laringoscopia, nasofibroscopia, eletrocardiograma, eletroencefalograma, ecocardiograma, raio-x, holter, mapeamento de retina, entre outros.

De acordo com Camilo Santana a parceria entre Governo do Estado e Prefeitura possibilitará ganhos concretos à população. “Quero parabenizar o Prefeito pelos investimentos que ele tem feito na saúde. Este equipamento vai servir à população que encontrará os exames que tanto precisa. É um grande equipamento e não tenho dúvida que vai atender bem a rede municipal de saúde pública de Fortaleza”, completou

A unidade passa a atender mediante agendamento de pacientes que necessitem de cuidados e avaliação do especialista, complementando as demandas encaminhadas pelos postos de saúde, principal porta de entrada no Sistema Único de Saúde (SUS), como explicou a secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel. “No posto, o profissional solicita a consulta ou exame, nossa central de regulação se encarrega de marcar e, em seguida, a equipe do posto se encarrega de confirmar.”

A Secretária ainda fez um apelo aos fortalezenses. “Pedimos à população para não faltar quando tiver consulta marcada, pois, caso isso aconteça, outro paciente deixa de ser atendido”, ressaltou.

A policlínica atende ainda o usuário que for acompanhado por serviços de apoio diagnóstico e terapêutico em outras redes e níveis de atenção como psicossocial, especializado, de emergência ou hospitalar.

Ampliando o acesso ambulatorial às diversas especialidades e exames em busca de uma maior atenção à saúde do paciente, ofertará apoio diagnóstico e terapêutico com serviços de consultas clínicas especializadas e exames gráficos e de imagem, potencializando o cuidado realizado pela rede de atenção básica nos 113 Postos de Saúde da Capital.

“Desde quando começaram a fazer a policlínica, disse que seria muito bom pra nós. A comunidade está amando. Para nós é maravilhoso, pois antes não sabíamos onde íamos fazer o exame ou era muito longe. Agora, é aqui é ao lado de casa”, afirmou Maria Telma Pereira de Abreu, moradora da comunidade Rio Grande do Sul, que fica no entorno do novo equipamento.

Ocupando uma área de aproximadamente 7.462,91m², a Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues recebeu investimento de cerca de R$ 10 milhões e tem 26 consultórios, além de espaço para terapias coletivas, sala de espera, auditório para educação permanente, copa, cozinha, setor administrativo, banheiros sociais e com acessibilidade, além da sala de observação e de procedimentos.

A policlínica conta com um centro cirúrgico destinado a pequenos procedimentos de baixa complexidade

Saiba Mais

Em Fortaleza, a rede de Postos de Saúde, denominada de Rede de Atenção Primária à Saúde (APS), foi totalmente reformulada durante a gestão do Prefeito Roberto Cláudio, ganhando 23 novos postos, com 78 reformas realizadas, garantindo o atendimento em 113 unidades de atenção básica, que foram informatizadas com prontuário eletrônico, tiveram seu horário estendido de 7 às 19 horas e passaram a contar com um sistema de garantia de entrega de medicamentos prioritários da atenção primária e saúde mental, através das Centrais Distribuição de Medicamentos nos Terminais.

Fortalecendo essa rede municipal, a capital conta também com 15 unidades de atenção psicossocial – CAPS, 6 Unidades de Pronto Atendimento (UPA), o Serviço Móvel de Emergência – Samu e uma rede hospitalar com 10 unidades, na qual as policlínicas são integradas.

Mais policlínicas

Além da Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues, o município conta também com a Policlínica Dr. João Pompeu Lopes Randal, localizada no bairro Jangurussu, na Regional VI, inaugurada em 2016, e que funciona com 7 especialidades: Cardiologia, Endocrinologia, Infectologia, Neurologia, Oftalmologia, Ortopedia e Otorrinolaringologia.

Até o final de 2020, mais duas novas unidades serão entregues à população nos bairros Passaré e Siqueira.

A policlínica do bairro Siqueira vai contar com um centro de especialidades odontológicas e a do Passaré, um centro de reabilitação e de especialidades pediátricas; ambas com serviços de tomografia.

Homenageado

Lusmar Veras Rodrigues, filho de José Ferreira Veras e Francisca Rodrigues Veras, nasceu em 9 de abril de 1953, em Viçosa do Ceará, onde fez o curso primário. Cursou o ginásio no Colégio D. José Tupinambá da Frota, em Sobral, e o científico nos Colégios Castelo Branco e São João, em Fortaleza. Ingressou no curso de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC) em janeiro de 1974, graduou-se em dezembro de 1979. Concluiu sua residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), em 1989, e a especialização em Coloproctologia, por meio do título conferido pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia em 1990, lastreado em estágios de aperfeiçoamento nessa especialidade.

Foi coordenador da Residência de Coloproctologia do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e chefe do Serviço de Coloproctologia, além de coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Médico-Cirúrgicas da UFC. Lusmar Veras também era professor titular do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina/UFC e atuava nas linhas de pesquisa de Distúrbios Metabólicos e de Motilidade do Aparelho Digestório no Estresse e Inflamação e suas Repercussões Metabólicas, com extensa produção científica publicada e de extrema relevância para os meios acadêmicos e sociais. Dr. Lusmar Veras Rodrigues faleceu em 19 de dezembro de 2018, em Fortaleza.

 Autor: Da redação com ascom/Foto: Marcos Moura CR