Prefeito Naumi Amorim vai a Brasília agilizar liberação de financiamento

61

O prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PMB) está em missão oficial pelo desenvolvimento de Caucaia. Cumpre em Brasília uma extensa agenda de visitas a ministérios, deputados federais e senadores para fazer avançar a liberação do financiamento que a Prefeitura pleiteia junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

No último dia 7, o Executivo recebeu o aval da Câmara Municipal de Caucaia para contratar esta que será a primeira linha de crédito internacional da cidade. O aporte do recurso depende agora do Congresso Nacional, de pareceres ministeriais e da sanção do presidente Michel Temer.

“Caucaia é uma cidade que agora tem planejamento sério. E nós estamos aqui para deixar isso claro para quem quiser informações sobre o financiamento ou qualquer outro projeto. Esse dinheiro é fundamental para o desenvolvimento do município”, defende Naumi.

Ele esteve hoje na Secretaria de Assuntos Internacionais (Seain), do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e com o secretário do Tesouro Nacional, órgão do Ministério da Fazenda, Mansueto Facundo de Almeida Jr. Ambas as pastas lidam diretamente com a pauta e têm papel decisivo na transação.

Naumi está acompanhado do titular da Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Orçamento (Sefin), Marcus Mota, e do subsecretário da pasta, Fábio Mota. Os gestores vão detalhar as autoridades federais como Caucaia pagará o financiamento internacional.

Conforme as regras do CAF, a Prefeitura terá cinco anos para executar as obras do Programa de Infraestrutura Integrada e 16 anos para quitar o valor recebido. Mais de 60% do total será investido em projetos de mobilidade urbana. “O município tem problemas crônicos que nunca foram solucionados e agora estamos colocando uma lupa sobre eles. Daí a importância desse recurso. Sem essa verba, Caucaia vai continuar com os gargalos de sempre”, pontua Naumi, que amanhã deve reunir-se com executivos do banco.

Ao CAF, a Prefeitura solicita 80 milhões de dólares para investir no Programa de Infraestrutura Integrada (PII). Trata-se da maior intervenção urbana da história de Caucaia. Projetos interligarão a Jurema ao Centro da Sede e ao Litoral. Além disso, o PII vai urbanizar lagoas e praças, construir viadutos e pontes, ampliar vias e melhorar o acesso a diversas regiões do município.

 Autor: Da redação com Ascom/Foto: Divulgação