PGJ implanta novo Sistema de Automação da Justiça para Ministérios Públicos (SAJ-MP)

88

O procurador-geral de Justiça, Plácido Barroso Rios, celebrou, na manhã desta terça-feira (12/06), um contrato de prestação de serviços com a empresa Softplan Planejamento e Sistemas Ltda., para aquisição do licenciamento permanente do Sistema de Automação da Justiça para Ministérios Públicos (SAJ-MP). O ato solene aconteceu durante a sessão do Conselho Superior do Ministério Público. O gestor de vendas da unidade de justiça da empresa, Alexandre Vedovelli, receberá, no dia 18/06, uma comitiva do MPCE que conhecerá as equipes técnicas, bem como os equipamentos de Tecnologia da Informação na sede da empresa em Santa Catarina.

Em seguida, numa atividade conjunta com os servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação (SETIN) da Procuradoria Geral de Justiça, a empresa iniciará o levantamento de dados do MPCE, a fim de que a partir do quinto mês de trabalho as primeiras Promotorias de Justiça sejam integradas ao sistema. Plácido Rios agradeceu a todos os secretários e servidores que contribuíram para a conclusão do processo contratual, em especial ao trabalho desempenhado pela equipe de T.I., coordenada pelo gestor Dilthey Pontes.

Rios afirmou que a iniciativa é um grande presente à população cearense, a qual terá uma instituição mais transparente, eficiente e eficaz na resolução de suas demandas, “É uma grande honra fazer parte desta conquista, junto ao Conselho Superior do Ministério Público”, disse, rendendo agradecimentos especiais aos procuradores de Justiça José Wilson Sales, Pedro Casimiro e José Raimundo Pinheiro de Freitas e à promotora de Justiça Ana Bastos.

A implantação desse sistema concretiza mais um projeto de metas estabelecidas pelo Planejamento Estratégico 2016-2021, visando economia de gastos e evitando-se o uso de papéis. O procurador-geral de Justiça também expressou gratidão à desembargadora e conselheira nacional de Justiça, Iracema do Vale, bem como a todos os dirigentes dos Três Poderes, os quais apoiaram a criação do Fundo de Reaparelhamento e Modernização do Ministério Público.

Segundo garantiu Vedovelli, haverá uma expansão gradual e integral do SAJ-MP até o final do mês de março de 2019. Para ele, a última fase de aplicação do sistema será voltada para o Conselho Superior do Ministério Público, por se tratar de um órgão colegiado e, por este motivo, mais complexo. “Foi um trabalho árduo que começou há 11 anos, mas que gerará um grande benefício tanto para a instituição quanto para a sociedade. O MPCE acompanha este movimento em busca de tecnologia próprio em consonância ao Tribunal de Justiça, graças ao empenho e dedicação por parte dos representantes do Ministério Público do Ceará”, elogiou, colocando a empresa à disposição do MPCE numa parceria de sucesso.

O sistema será implantado nas Promotorias e Procuradorias de Justiça e demais setores que compõem o MPCE na capital e no interior do estado. A elaboração e disponibilização de treinamento na modalidade Educacional à Distância (EaD), visando a capacitação dos usuários do Sistema e equipe técnica designada pelo MPCE. O promotor de Justiça e presidente da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), Lucas Azevedo, parabenizou a administração superior pela grande aquisição. Ele considerou que o MPCE está em júbilo com a oportunidade de atuar com maior eficiência, devido aos bons frutos gerados pelo aporte financeiro do Fundo de Reaparelhamento e Modernização do MPCE.

 Autor: Da redação com Ascom/Foto: Divulgação