Pacientes são atendidos em 14 especialidades na policlínica em Caucaia

178

“Foi iniciativa minha procurar o exame de mamografia por conta da minha idade, 44 anos, achei interessante que fizesse. Então fui até o posto de saúde da minha cidade, Tejuçuoca, e lá o médico me atendeu e solicitou o exame. Fui atendida muito bem no posto de saúde e com uma semana o exame de mamografia foi marcado para a Policlínica regional em Caucaia”, diz Maria Iranice Mota. A Policlínica Regional Dr. José Correia Sales, em Caucaia, é um das 19 policlínicas regionais da rede pública do Governo do Ceará.

Essa foi a primeira vez que a professora Maria Iranice realizou o exame de mamografia, nesta quinta-feira, 21. Ela já tinha ido à policlínica para uma consulta com um dermatologista. O tratamento foi de um ano. A paciente relata que teve nenhuma dificuldade nas duas vezes que foi até a policlínica. “Não teve mau atendimento, indicaria a policlínica com certeza. Muita gente da minha cidade vem não só pela necessidade e sim também pela estrutura que oferece”, ressalta.

Iranice confessa que temia fazer a mamografia, pelo medo do desconforto. Mas ao passar pela experiência e compreender que é importante para prevenção e segurança da saúde, não faltou ao exame. “Particularmente, tinha muito medo de fazer a mamografia por causa da história que doía muito, era um bicho de sete cabeças. Hoje vi que o exame não é tão exagerado assim. Claro que dói, é desconfortável, mas acho que é necessário fazer esse exame. Indico para qualquer uma mulher, e tem que vir fazer”, diz.

Para a diretora Josefa Cavalcante, o grande diferencial é que o paciente chega à policlínica com a certeza de que será atendido. “Foi uma ideia inovadora do Governo do Ceará, a criação das policlínicas. Pois não existe isso em outro lugar do país, garantir o acesso da população à atenção secundária com consultas e exames especializados”, afirma.

Atendimento especializado

O Estado do Ceará integra uma rede de policlínicas regionais em diferentes regiões de saúde. Ao todo são 19 policlínicas, em Acaraú, Aracati, Barbalha, Baturité, Brejo Santo, Camocim, Campos Sales, Caucaia, Crateús, Icó, Iguatu, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Pacajus, Quixadá, Russas, Tauá, Tianguá e Sobral, que facilitam o acesso a exames e a consultas com especialistas. Até o fim do ano mais três serão inauguradas, nos municípios de Canindé, Crato e Maracanaú.

Neste ano, até o mês de abril, 485.743 atendimentos foram realizados nas 19 policlínicas regionais. Desse total, 25.798 foram na policlínica regional em Caucaia: 7.119 exames de imagem e laboratoriais e 18.679 consultas. Os exames mais comuns são tomografia e mamografia. Nesse mesmo período, a policlínica em Caucaia fez 1.346 tomografias e 1.185 mamografias.

Para ser consultado ou fazer exame o paciente tem que ser encaminhado pelo município que integra a rede de saúde do consórcio. Os consórcios fazem a gestão das policlínicas regionais da rede pública estadual, além do transporte sanitário que garante o deslocamento de pacientes até os serviços de saúde. O Governo do Ceará integra os consórcios em todas as 22 regiões de saúde e participa com, no mínimo, 40% do custeio de cada policlínica. Os 60% restantes são rateados entre os municípios.

Outra paciente que teve na policlínica na manhã desta quinta-feira, 21, foi a dona de casa Maria Lucélia, 51 anos, moradora de Itapajé. Ela fez uma tomografia do crânio. O exame foi solicitado porque ela estava sentindo muita dor na cabeça, devido a uma queda. “Foi a segunda vez que vim até a policlínica. Achei bom e fui muito bem atendida, todos que me atenderam gostei. Fiquei satisfeita com o meu atendimento”, enfatiza Maria Lucélia. A primeira vez na policlínica foi em outubro de 2017, quando fez uma mamografia.

A policlínica regional em Caucaia tem 14 especialidades médicas e realiza exames como tomografia computadorizada, mamografia, eletroencefalograma, 24 tipos de ultrassonografia, audiometria, ecocardiograma, colonoscopia, endoscopia, raio-X, dentre outros. O acesso é fácil, não é demorado porque já é previsto.

Além dos os municípios de Tejuçuoca, Caucaia e Itapajé, a policlínica ainda atende os pacientes de Apuiarés, General Sampaio, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante e São Luiz do Curu.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Ascom