Museu Cigano: Associação dos Ciganos de Caucaia pleiteia junto ao DNIT cessão de uso da RFFSA de Catuana.

288

A Autarquia administra mais de 2.800 bens imóveis em 1.100 municípios do país.

A diretoria da Associação de Preservação da Cultura Cigana de Caucaia –ASPRECCC, se reuniu com o superintendente regional do DNIT /CE, Diógenes José Tavares Linhares, nesta terça-feira (9/01), na sede da superintendência em Fortaleza, para solicitar a cessão de uso da estação férrea de Catuana para implantação do Museu Cigano do Estado do Ceará-MCEC.

O presidente da ASPRECCC, o calón Rogério Ribeiro, esclareceu que a implantação do museu Cigano do Estado do Ceará é considerado de fundamental importância, no sentido de promover o resgate da história de um povo heroico, bravo, guerreiro e destemido, que vem lutando contra o preconceito e a exclusão social.  “A implantação do MCEC será um marco para a Etnia Cigana e para o estado do Ceará, haja vista ser o primeiro no país a ter este pleito e é uma das finalidades da Associação” destacou o presidente.

A diretoria da ASPRECCC presente no encontro além do presidente, estava a vice-presidente, Maira Aline Nunes, primeira secretária, Renata Célia, segunda secretária, Janiele Lucino e o Diretor Social, Cultura e Evento, José Eudo, também citaram que o prédio da Estação de Catuana atualmente está abandonado e acumula sujeira, servindo de esconderijo para objetos roubados de quem passa pela região, o espaço vem sendo usado por usuários de drogas e de encontros íntimos.

Depois de ouvir atentamente os Ciganos, o superintendente fez uma ligação e colocou em viva voz, para o coordenador geral de patrimônio ferroviário, José Luiz Oliveira para saber se poderia atender o pleito para organização não governamental, e a resposta foi de imediato positiva “Pode sim, peça para que façam o pedido formal e anexem a documentação da associação, a ser protocolado no DNIT e envidado para a coordenação geral de patrimônio ferroviário aqui em Brasília, vamos analisa o mais breve possível, não vejo nenhum empecilho” disse o coordenador.

Diante da confirmação Diógenes Tavares, pediu que fosse protocolado toda  documentação, que deve ainda essa semana ser enviada para Brasília.

De acordo com o superintendente, o DNIT tem buscado estabelecer parcerias com municípios e entidades de preservação ferroviária com intuito de garantir a segurança e guarda dos bens públicos sob sua tutela, visando sempre atender o princípio do interesse público e da eficiência nas suas ações.

Parcerias

A Estação de Catuana foi inaugurada em 1926, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1920 a 1988

Vamos intensificar as parcerias e apoio, bem como mobilizar o governo do estado, a prefeitura de Caucaia, comerciantes, empresários, a comunidade, entidades, a imprensa, religiosos, estudantes, ativista da cultura e memória de Caucaia e sociedade em geral, para que juntos possamos fazer a reformada daquele espaço, a estação será usada como uma das instalações do Museu do Cigano do estado do Ceará, onde atualmente em Caucaia existem cerca de 60 Ciganos e no estado uma estimativa de 300 ciganos ou mais.

Museu Cigano

O Museu Cigano do Estado do Ceará-MCEC, com sala de projeção para documentários e filmes e novelas com temas Ciganos, artesanatos, utensílios, telas, fotos e outras atividades de valorização e preservação da cultura cigana.

Bens da extinta RFFSA

Responsável pelos bens da extinta RFFSA, o DNIT administra um universo de mais de 2.800 bens imóveis ociosos, em 1.100 municípios do país.  A autarquia tem buscado estabelecer parcerias com municípios e entidades de preservação ferroviária com intuito de garantir a segurança e guarda dos bens públicos sob sua tutela, visando sempre atender o princípio do interesse público e da eficiência nas suas ações.

Cessão de bens

As solicitações de cessão de bens ferroviários podem ser realizadas diretamente ao DNIT por Prefeituras, Governos Estaduais, órgãos e entidades do Governo Federal, bem como entidades sem fins lucrativos e OSCIPs.

Autor/Fotos: ASPRECCC