Mulheres vítimas de violência doméstica assistem à palestra sobre codependência emocional

54

O Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Fortaleza realizou, nessa quarta-feira (09/05), palestra com a temática “Codependência Emocional: Como fazer com que o amor seja uma experiência saudável”. O tema foi abordado pela psicóloga Raquel do Carmo do Centro Universitário Estácio FIC, em alusão ao Dia das Mães e direcionada para cerca de 30 mulheres.

Também foi realizado um grupo reflexivo conduzido pela assistente social do Juizado, Jordeanne Guedes, acompanhada de equipe multidisciplinar, direcionado às mulheres que possuem processo no Juizado da Mulher e que desejam desistir da ação. Além disso, as participantes tiveram serviço de limpeza de pele.

A abertura do evento foi feita pelas magistradas Rosa Mendonça (titular da Unidade) e Teresa Germana Lopes de Azevedo (juíza auxiliar). “A finalidade dessa abordagem sobre codependência foi o fortalecimento das mulheres no sentido de evitar o sentimento de culpabilidade em relação ao agressor, e perceber que ela não tem nenhum tipo de responsabilidade da agressão sofrida”, explicou a juíza Rosa Mendonça.

Na ocasião, houve ainda um coffee break para os participantes e o esclarecimento da psicóloga frente a diversas situações relatadas pelas mulheres, tais como: identificar um relacionamento abusivo, culpabilidade e caminhos para superação da violência psicológica dos agressores.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Ascom