Jaguares Itinerantes percorrem templos do Vale do Amanhecer para cumprir missão

1050

“A minha missão é o meu sacerdócio, Jesus está comigo”

Missionário é a pessoa que recebe um chamado e é incumbida a ir além de si mesma, ao encontro do outro, além-fronteiras.

A primeira missão de 2018, para o grupo de Missionários Jaguares Itinerantes do Vale do Amanhecer aconteceu neste domingo (14/01), no Templo de Janday do Amanhecer, de Jaguaruana Ce, sob a presidência do Adjunto Janday Mestre Francisco Bezerra da Silva e sua Aponara Ninfa Rosário.

A edição contou com 15 missionários divididos em 3 carros que viajaram 6 horas  (ida e volta) para fazer a caridade. O templo de Jaguaruana é um templo evangélico localizado na rodovia CE 263, KM 17, S/N – Sitio Cardeais, e atende com dificuldades aos sábados com o trabalho de tronos vermelhos e amarelos, mesa evangélica, cura e linha de passe, aos pacientes que chegarem na casa do Pai Seta Branca.

As Missões têm como objetivo principal compartilhar as energias e a missão de ser um missionário de Pai Seta Branca, muitos templos do Vale estão se arrastando, por falta de componentes e de compromisso com a missão que cada mestre e ninfa assume ter quando se consagra ao mestrado.

Para o Príncipe Maya, adjunto Nurã, mestre Rogério Ribeiro. “Eu acredito que podemos resolver isso quando nos redescobrirmos, quando deixamos as vaidades de lado, quando realmente estamos para servir e não para ser servido, os pilares fundamentais do que é essa doutrina crística: Amor, Humildade e Tolerância, Caridade em favor dos desencarnados e encarnados, emanando amor, distribuindo boas energias” destacou o Ajanã.

Segundo o adjunto Lemano, mestre Galdino, a missão dos Jaguares Itinerantes é de suma importância para os templos evangélicos e os PS, “Vivemos a essência da Doutrina do Vale do Amanhecer. realizamos grandiosos trabalhos, resumindo foi um dia de Grandes libertações espiritual, e de aprendizado para todos. São as corrente pesadas que fortalece a caminhada do jaguar. Salve Deus” disse o mestre.

O Mestre Marcos Antônio, ingressou na missão dos Jaguares Itinerantes, “minhas forças e minhas energias com o amor e tolerância de minha parte sempre estará nesse grupo obrigado” afirmou.

É importante ressaltar que os missionários itinerantes que assumem essa missão de prestar a caridade na lei do auxílio pelo menos uma vez por mês, também cumprem suas missões em seus templos, contudo dividem seu tempo a auxiliar outros templos necessitados pela sua condição e dificuldades diversas já citadas anteriormente.

Trabalhos realizados

Bênção do Ministro Janday com sua corte bendita

Abata

Mesa Evangélica

Trabalho de Tronos

Linha de passe

Autor/Fotos: MJI