Índio Kaiapó é detido com 70 títulos de integrantes de sua etnia no MT

60

Um indígena Kaiapó foi detido neste domingo (7/10) no interior do estado do Mato Grosso portando 70 títulos de outros índios de sua etnia. Ele pretendia votar por todos os indígenas de sua aldeia. O fato ocorreu na zona eleitoral da cidade de Guarantã do Norte, segundo informações do Tribunal Regional Eleitora de Mato Grosso.

No período da manhã houve o registro de outra ocorrência envolvendo indígenas no Mato Grosso. Índios que vivem na região de Brasnorte receberam com flechas os militares do Exército que levaram a urna eletrônica para que 70 eleitores daquela região pudessem votar sem se deslocar da comunidade.

O juiz auxiliar da presidência do TER-MT, Lídio Modesto, explicou que os indígenas se recusaram inicialmente a votar na seção eleitoral que foi montada na aldeia, porque queriam votar na cidade. O caso foi resolvido com a mediação da Fundação Nacional do Índio (Funai). “O gabinete de gestão integrada teve que interceder por meio da Funai para que fossem apaziguados os ânimos e eles estão votando”, disse Modesto.

Outras ocorrências

O juiz informou ainda que pela manhã dois candidatos foram presos, um na região oeste do estado por entrega de santinhos e outro na capital, por tentativa de aliciamento de eleitores. Mais de 30 pessoas foram presas pela manhã por diferentes crimes como transporte irregular de eleitores, desobediência à Lei Seca, boca de urna e tentativa de justificativa por terceiros.

Autor: Da redação com Débora Brito – Repórter da Agência Brasil/Foto:Divulgação