I Oficina de Caucaia percorre litoral para traçar estratégias

86

No intuito de planejar e ordenar a orla de Caucaia, o auditório do Parque Botânico do Ceará foi palco da I Oficina de Capacitação do Projeto Orla. O encontro foi marcado por uma semana intensa de atividades, de 25 a 29 de setembro. Gestores locais foram habilitados, visando a elaboração do Plano de Gestão Integrada (PGI) no município. O prefeito Naumi Amorim esteve presente na abertura da capacitação.

Realizado pela Prefeitura de Caucaia, envolvendo uma força-tarefa de diversas secretarias, o evento contou com apoio da Comissão Técnica Estadual do Projeto Orla, com representantes da Secretaria do Meio Ambiente do Estado (SEMA), Superintendência Estadual do Meio Ambiente (SEMACE), Fundação Cearense de Metodologia e Recursos Hídricos (Funceme) e Superintendência do Patrimônio da União (SPU/CE).

Na oficina, os participantes percorreram os 44 km do litoral caucaiense, analisando os usos, os problemas e as potencialidades de toda a extensão. As dificuldades no desenvolvimento da região das praias do município foram identificadas para estabelecer medidas de planejamento e promover ações prioritárias de regularização.

Para o representante da Associação dos Moradores da Praia do Icaraí, Evilázio Duarte, foi de “extrema importância o encontro, pois a sociedade pode opinar as necessidades, soluções e desejos coletivos para eventuais mudanças no futuro”. “A oficina foi muito bem coordenada e ministrada. A parte técnica identificou a situação do estado atual. A segunda fase será uma das mais importantes porque vai interagir com a sociedade”, destacou.

A próxima etapa do projeto é consolidar os resultados da I Oficina junto aos participantes. A segunda oficina do Projeto Orla Caucaia está prevista para o final de novembro de 2017. Após a segunda oficina será elaborado o Plano de Gestão Integrada da Orla de Caucaia (PGI Caucaia). Quando o PGI estiver pronto, poderá ser consultado através de audiências públicas. Para concluir os estudos, todo o documento será analisado pelo Governo Estadual e Federal.

Participaram da oficina diversas associações atuantes no litoral de Caucaia, como Associação dos Moradores do Icaraí, Associação dos Moradores do Pacheco, Associação Comunitária do Cumbuco, Associação de Pescadores, Associação de Kitesurf de Caucaia, Associação de Bugueiros de Caucaia, Associação de Locadores de Quadriciclo de Caucaia, Sesc Iparana, Ceará Portos, Fatene, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Universidade Federal do Ceará (através do Labomar), Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas (Aquasis), Instituto Federal do Ceará (IFCE), APA do Lagamar do Cauípe e Estação ecológica do Pecém.

Estão envolvidas no Projeto Orla: Secretaria de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans), Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretaria de Turismo (Setur), Secretaria de Planejamento Urbano e Ambiental (Seplam), Agência de Desenvolvimento de Caucaia (Adeca) e Instituto de Meio Ambiente de Caucaia (Imac).

 Autor: Da redação com Ascom/Foto: Ascom