Fórum da 7ª Zona Eleitoral será inaugurado em Pacaraima

488

A Justiça Eleitoral vai inaugurar no próximo sábado (10/08), às 11h, o Fórum da 7ª Zona Eleitoral (ZE), Advogado Hesmone Saraiva Grangeiro. O novo prédio está localizado na avenida Brasil, s/nº, bairro Vila Velha, em Pacaraima, e abrange também os municípios de Amajari e Uiramutã. O horário de expediente ao público será das 8h às 15h, de segunda a sexta-feira. A população pode entrar em contato pelos telefones 3592-1194 e 3592-1212.

Na análise do presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR), desembargador Gursen De Miranda, a Justiça Eleitoral deixa de ter limitações físicas em suas ações administrativas e jurisdicionais e passa a contar com mais um espaço físico próprio.

“A instalação do novo prédio da 7ª ZE segue os padrões da NBR 9050/2004, Norma Brasileira que trata da acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Em razão da nova posição do prédio para atender uma norma do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), foi reduzida a pavimentação externa, composta de blocos, e ampliada a rampa destinada às pessoas com deficiência. Todas as medidas foram adotadas para proporcionar maior comodidade ao eleitor e melhoria no atendimento à população”, ressaltou, ao lembrar que a 7ª ZE tem atualmente 16.937 eleitores aptos e funcionava, desde novembro de 2009, em um imóvel alugado.

Estrutura
O novo prédio, com 376 metros quadrados construído em um terreno de 3.156,32 metros quadrados, possui central de atendimento ao eleitor, gabinete do juiz, copa/cozinha, área de serviço, depósitos de urnas e de uso geral, arquivo de processos, banheiros masculino e feminino, salas de apoio administrativo e audiência. A obra, realizada pela empresa DJ Construções LTDA. no valor de R$ 748.851,41, foi iniciada em 26 de março de 2012, na gestão da desembargadora Tânia Vasconcelos.

Homenagem
O advogado Hesmone Saraiva Grangeiro, escolhido para nominar o prédio,  foi um dos fundadores e o primeiro presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Roraima, em 1979. Filho de Odálio Saraiva Grangeiro e Idelzuite Teixeira Lima, nasceu na cidade de Acopiara, no Estado do Ceará, em 07/02/1938. Casou-se com Maria Salete Aires Saraiva, com quem teve três filhas: Catherine, Luciana e Iane. Formou-se em Direito pela Universidade Federal da Paraíba, em 1971. Militar, em 04/10/1973, desembarcou em Boa Vista como sargento do Exército Brasileiro, transferido do Estado da Paraíba. No dia 28/02/1975 pediu desligamento das Forças Armadas, para dedicar-se à advocacia. Dirigiu a OAB de Roraima por seis vezes. Dedicou-se às causas sociais, em defesa da independência da entidade, dos direitos humanos, do exercício da cidadania e das prerrogativas dos advogados.

Criou a Comissão de Direitos Humanos, na qual atuou como presidente. Foi eleito conselheiro federal da OAB no biênio 1987/1989 e triênio 1995/1997. Participou de todas as fases de elaboração da Constituição Estadual, em 1991. Membro da Comissão Especial de Estudos para implantação do Poder Judiciário de Roraima, em 1989, pelo Governo do Estado. Firmou convênio entre a OAB/RR e o Governo do Estado de Roraima, para prestação de assistência jurídica às pessoas carentes que não tinham acesso à justiça. Exerceu cargos públicos de Assessor Jurídico da Câmara Municipal de Boa Vista, no período de 1975 a 1979, e Vogal da Junta Comercial de Roraima, em 1991. Membro da comissão de implantação do curso de Direito da Universidade Federal de Roraima (UFRR), em 1991. Aprovado em concurso público para professor efetivo da Faculdade de Direito da UFRR em 1992, onde concluiu Pós-Graduação em Metodologia de Pesquisa, em 1994. Faleceu em Brasília, no dia 10/05/1996.