Exames ginecológicos: como saber quais devo fazer

249

44889Médico lista todos os exames femininos de rotina e explica para que cada um serve

O organismo humano é sempre muito sábio e geralmente dá sinais quando alguma coisa não vai bem. Entretanto, é sabido que alguns exames servem para prevenir a saúde da mulher de problemas futuros. Entre eles estão a mamografia e o Papanicolau. Mas não só.

Você sabe quais são e para que servem os exames ginecológicos? Médico ginecologista da Clínica Livon, de Joinville, Daniel Luchesi lista osexames que toda mulher deve fazer em algum momento da vida e explica a importância de cada um deles.

Exames femininos que devo fazer

Exames ginecológicos podem rastrear e prevenir doenças (Foto: Thinkstock)Exames ginecológicos podem rastrear e prevenir doenças (Foto: Thinkstock)

Consulta

A consulta é o primeiro passo para cuidar da saúde da mulher. É nela que os exames serão solicitados, além de ser o momento ideal de tirar dúvidas sobre quaisquer aspectos ligados ao sistema reprodutor feminino.

Papanicolau

Exame preventivo do câncer de colo de útero, o papanicolau deve ser realizado após o início da vida sexual ou depois dos 18 anos. Ele deve ser repetido anualmente.

Mamografia

A mamografia é o exame essencial para prevenir o câncer de mama. “Ela pode ser solicitada em qualquer idade em mulheres que apresentem sinais e sintomas de câncer de mama”, diz o ginecologista. Para situações de não-risco, o exame deve ser feito anualmente a partir dos 40 anos. Entretanto, alguns especialistas preferem solicita-lo a partir dos 35 anos.

Ultrassom das mamas

O ultrassom das mamas serve para avaliar inicialmente a região. Para mulheres mais novas, ele substitui a mamografia.

Foto: ThinkstockFoto: Thinkstock

Colposcopia

A colpocospia é um exame complementar ao Papanicolau. “Nele a gente observa com uma lente de aumento se existem lesões que não podem ser visualizadas a olho nu”, explica Luchesi. Junto ao papanicolau, este exame pode rastrear até 96% de lesões do colo do útero, que eventualmente podem virar câncer.

Ultrassom transvaginal

Importante no rastreamento de câncer de ovário e no diagnóstico de miomas e cisto ovariano, este tipo de exame deve ser realizado junto com o papanicolau, após o início da atividade sexual, anualmente.

Exame de sangue

“Apesar de não serem considerados exames ginecológicos de rotina, realizamos os exames de sorologia para HIV, hepatite B e sífilis devido aos grandes índices de portadores”, conta o ginecologista.