Em Várzea Alegre Projeto de fotografia Mulher Maravilha trabalha autoestima de mulheres que lutam contra o câncer

96

Um projeto social realizado pela fotógrafa, Gláucia Samira, em parceria com a empresária Ana Lécia, da empresa Al Store, contribui para a autoestima de mulheres varzealegrenses que lutam contra o câncer. Segundo Ana Lécia, essa também é uma forma de homenagear as mulheres pela passagem do 08 de março, Dia da Mulher.

O Mulher Maravilha tem ainda a colaboração de Samara Calixto, Carol Costa, Keyla Mara, Suzi Soares, Mila Costa e Érica Rejane.

Segundo Gláucia Samira, o nome do projeto, Mulher Maravilha, é uma alusão ao filme homônimo, por ela gostar muito de cinema.

Gláucia Samira disse que a fotografia em sua vida representa muito por ajudá-la a enfrentar problemas depressivos. “Já que a fotografia está me ajudando a enfrentar essa doença terrível, que eu também me capacite para ajudar outras pessoas”, disse.

Foi então que a fotógrafa passou a trabalhar a ideia de que a fotografia pode ajudar a outras mulheres, como por exemplo melhorar a autoestima de mulheres que estão lutando contra o câncer. “Se fizer uma maquiagem legal, se fizer uma foto legal, essas mulheres, quando verem essas fotos, vão fortalecer sua autoestima”, disse.

O projeto Mulher Maravilha foi desenvolvido com quatro mulheres que lutam contra o câncer – Fátima Ferreira, Sol Vieira, Lígida Tavares e Fabiana Tomás. A ideia é expandir o projeto, atraindo outras mulheres e outras parcerias.

Das parcerias, Ana Lécia, da Al Store, contribuiu com a doação de acessórios para que as mulheres utilizassem nas fotos, Samara Calixto cedeu sua casa para locação das fotografias e Karol Costa, Keyla Mara, Susy Soares, Milla Costa e Érica Rejane, trabalharam na maquiagem e demais serviços de beleza para as modelos.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Divulgação