Em seminário prefeito Zé Helder incentiva produtores a plantar algodão

84

Nesta manhã de terça-feira, (28/11), foi realizado no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais o I Seminário de Resgate do Plantio de Algodão em Várzea Alegre, com a participação do curso de Agronomia da Universidade Federal do Cariri (UFCA) com o projeto Ouro Branco.

O Ouro Branco é uma iniciativa do professor Sebastião Cavalcante de Sousa e faz parte do Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável do Cariri.

Segundo o professor, a ideia do projeto, surgiu a partir da iniciativa da Embrapa Algodão, que já atua na revitalização da cotonicultura entre os agricultores. Representou a Embrapa o técnico Gildo Araújo.

Segundo o secretário Desenvolvimento Agrário de Várzea Alegre, Cícero Izidório, o município faz experiência com o plantio de algodão herbáceo com dois campos na comunidade de Canindezinho, nas propriedades dos agricultores familiares Arimatéia de Oliveira e Fernando Gil, que estiveram no evento.

O prefeito Zé Helder participou do seminário ao lado dos secretários Cícero Izidório (Agricultura), e J. Marcílio (Meio Ambiente), do chefe de Gabinete, Batista Jr, e dos técnicos agrícolas Estêvão Silva e João Alves, do gerente da Ematerce Evilásio José, do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Lausaro Bezerra e do presidente do Sindicato da Agricultura Familiar – SINTRAF, Luiz do Conselho.

Zé Helder incentivou os agricultores a investir na plantação de algodão. “Nesse seminário, nós estamos capacitando nossos agricultores e secretários de Várzea Alegre e da região para entenderem a melhor forma de manejo para a implantação do plantio de algodão nos municípios da região”, disse.

O prefeito disse que com os campos experimentais de Várzea Alegre haverá o fornecimento de sementes de algodão para os agricultores do município e de municípios da região.

Para o prefeito, essa nova alternativa de cultivo do algodão, fortalecerá a agricultura familiar local e regional.

Por ocasião do evento, o prefeito anunciou com o secretário Cícero Izidório o cadastro dos agricultores interessados em cultivar algodão e que o município fará aquisição das sementes e doação aos produtores. “O objetivo maior é fortalecer a agricultura e a economia para dar condição e qualidade de vida mais digna ao nosso povo, principalmente, o povo do campo”, disse.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Augusto César