Em Caucaia, Grupo de trabalho discute medidas para celeridade de obras

82

A Prefeitura de Caucaia promoveu nesta quarta-feira (12/9) mais uma reunião da Unidade de Gerenciamento de Projetos (UGP) para tratar do Programa de Infraestrutura Integrada de Caucaia. O grupo planeja e acompanha o processo de desenvolvimento econômico, social e ambiental do município, especialmente as obras que serão financiadas com os 80 milhões de dólares do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), cuja liberação deve acontecer nas próximas semanas.

Participaram do encontro de hoje representantes do Instituto do Meio Ambiente de Caucaia (Imac), da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Ambiental (Seplam), da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Empreendedorismo (Setem) e da Comissão Municipal de Licitação.

Conforme o subsecretário municipal de Finanças e coordenador da UGP, Fábio Mota, a Prefeitura está adotando medidas para executar as obras CAF em um período de tempo reduzido. “Estamos tratando do primeiro lote dos projetos, que contempla 34 ruas, para que sejam licenciadas e, desta forma, se possa dar andamento às licitações e o mais breve possível iniciar a execução das obras.”

No último dia 4, o Senado Federal aprovou a liberação do financiamento internacional, o primeiro do município. A expectativa é de que o contrato entre CAF, Prefeitura e Ministério da Fazenda seja assinado em 15 dias.

A Prefeitura irá pavimentar 500 ruas, urbanizar 88 quilômetros de vias e áreas, requalificar 49 quilômetros de rotas de transporte público, abrir 18 quilômetros de vias para ligar os três maiores distritos do município (Jurema, Sede e Litoral), construir uma ponte e um viaduto, e criar dez ecopontos.

Além disso, vai requalificar todo o Centro Histórico, urbanizar grandes lagoas, construir um Centro Social de Eventos, criar cinco praças, capacitar mais de 1.000 microempreendedores individuais e implantar sistemas de videomonitoramento e de iluminação pública.

NÚMEROS DO FINANCIAMENTO CAF
4.000 empregos gerados
1.000 microempreendedores individuais capacitados
5 novas praças
1 Centro Social de Eventos
10 Ecopontos
500 ruas pavimentadas
88 quilômetros de vias e áreas urbanizadas
49 quilômetros de rotas de ônibus requalificadas
18 quilômetros de vias estruturantes implantadas ligando Jurema, Sede e Litoral
1 ponte
1 viaduto
3 lagoas urbanizadas
Sistema de videomonitoramento
Sistema de iluminação pública
Requalificação do Centro Histórico
66 meses de carência (a partir da data de assinatura do contrato com o CAF)

Autor: Da redação com Ascom/foto: Divulgação